Últimas Atualizações

Compartilhe!

Centípede, A Sociedade das Águas (Onde Anda Benjamim?)

Barata Cichetto
Quando Benjamim nasceu ele tinha exatos trinta e três anos. E quando escrevo isso, estou sendo exato, pois não me refiro a uma pessoa que tinha tal ...

Os Robôs Também Sonham

Barata Cichetto
Meu nome é Dr. Robot. Ou melhor, sou um médico e meu nome é Robot. E esta manhã acordei de sonhos intranquilos... E quando digo sonhos... Foram ...

Desgraçados

Barata Cichetto
“Era um desgraçado, aquele sujeito!”, ainda pensou Fagna ao retirar a mão de unhas longas de dentro da calcinha depois de se masturbar pensando no marido morto ...

Diálogos Impertinentes com a P.I.A. — Pindérica Insolência Antissocial – I

Barata Cichetto
Há algumas semanas publiquei um texto em que eu utilizava a Inteligência Artificial para contrapor a um artigo publicado pelo Áureo Alessandri. Ali coloquei minhas desconfianças com ...

Corpo & Alma

Eduardo Schloesser
Ele acordou. Finalmente tirado de um sono onde o despertar parecia impossível, uma impressão de que estava inconsciente há décadas. Em sua mente não havia lembrança de ...

A Triste Figura de Um Professor

Eduardo Schloesser
Era um amigo do meu pai. Nós o conhecíamos como Professor Sérgio. Se não estou enganado ele era italiano de nascimento, um homem culto e educado, artista ...

Reflexões Sobre Angústia, Medo e Morte (Parte Dois de Dois)

Eduardo Schloesser
Era uma segunda feira de um calor mortal, o ar parecia saído de um forno. Ed Palumbo sentia como se suas roupas estivessem sendo passadas a ferro ...

Olhos de Anjo

Eduardo Schloesser
Maria do Carmo era uma mulher robusta, de quadris largos, seios firmes e fartos, pensar-se-ia que com eles daria para amamentar um exército. Olhos negros, pestanas grossas, ...

O Perdedor

Eduardo Schloesser
Macedo era um merda, um perdedor que cultivava secretamente a ideia de matar a esposa. Tinha trinta anos e enquanto ficava debruçado sobre o mesmo balcão da ...

Um Dia na Vida de Um Desenhista (Um Conto Pintado Com Cores Opacas Bukowskianas)

Eduardo Schloesser
Ed Palumbo era desenhista, tentava pagar suas contas com aquilo que conseguia desenvolver no papel. Não era uma vida fácil, nada na vida dele era fácil, mas ...

Reflexões Sobre Angústia, Medo e Morte (Parte Um de Dois)

Eduardo Schloesser
Ed Palumbo tinha mais de sessenta anos, era desenhista, ele mesmo não sabia se era dos bons ou daqueles que se achavam bons e na verdade não ...

Pedro, o Lobo e o Cartunista

Eduardo Schloesser
Não sei se o que me acordou as cinco e trinta da manhã foi a bexiga quase estourando ou o ribombar de um trovão que estremeceu as ...

Uma História Real Ocorrida na Primeira Metade dos Anos 1990

Eduardo Schloesser
Zac torceu o nariz ao som da campainha. Não havia ninguém em casa e ele pensou que poderia dormir tranquilamente. Devia ser quase duas da tarde e ...

Mundo Cão – Um Conto do Universo Zé Gatão

Eduardo Schloesser
O conceito que o cão Rex tinha de de si mesmo era que ele era muito foda. Mestiço de cocker spaniel com vira latas. Na verdade ele ...

Zé Gatão – Dia dos Mortos

Eduardo Schloesser
Cat olhava tristemente pela janela, observando com uma imensa inquietude na alma o céu nublado de nuvens cinzentas, pesadas como chumbo, mortas, ameaçadoras, que pareciam a qualquer ...

Siroco Resenhado Por Daniel Lúcio

Eduardo Schloesser
Zé Gatão é um personagem que conheci nos anos 90 numa das minhas inúmeras peregrinações à cidade de São Paulo, e pelo que sei, praticamente na mesma ...

A Última Aventura do Pimpão Bananeiro

Eduardo Schloesser
O motor da velha Kombi 1973 grasnava enquanto avançava pela esburacada estradinha cascalhenta. Ao volante, o motorista limpava com o antebraço o suor da testa que teimava ...

Clair de Lune — Capítulo 19

Walter Possibom
Os primeiros dias de janeiro de mil novecentos e quarenta e cinco mostram que o exército de Hitler estava sendo sufocado pelos Aliados, os nazistas estavam sendo ...

Clair de Lune — Capítulo 18

Walter Possibom
A viagem é muito difícil, as estradas estavam cheias de buraco e com isso a marcha é lenta, o estado emocional de Jean degrada demais, ele fica ...

Clair de Lune — Capítulo 17

Walter Possibom
Estavam no dia seis de agosto de mil novecentos e quarenta e quatro, não havia táxi na cidade, teriam que se locomover a pé, eles estavam na ...

Clair de Lune — Capítulo 16

Walter Possibom
A embarcação chega ao Porto, ali iriam se separar, Jean e Charles seguiriam de carona através de um comboio militar até Bristol de onde pegariam um avião ...

Clair de Lune — Capítulo 15

Walter Possibom
Conneghan diz a Jean que estavam indo para Portloe, uma pequena cidade situada a Oeste da Península de Roseland Veryan, de lá eles seguiriam a jornada por ...

Clair de Lune — Capítulo 14

Walter Possibom
O grupo estava a caminho de San Sebastian, haviam descansado estavam abastecidos de água e alimentos, mas o trajeto seria duro, passariam por campos onde poderiam entrar ...

Clair de Lune — Capítulo 13

Walter Possibom
O ano de mil novecentos e quarenta e quatro começa com notícias trazidas por uma rádio da Resistência Francesa dizendo que o grupo que escapou do Gueto ...

Clair de Lune — Capítulo 12

Walter Possibom
O ano de mil novecentos e quarenta e dois começa com a guerra a pleno vapor, os ataques da Resistência Francesa se fazem de forma mais constantes, ...