Reinaldo Bueno Jr. – Justiça social?

Reinaldo Bueno Jr.

Antes de dissertar sobre a questão precisamos saber o que é essa falácia de “justiça social”, onde surgiu e o que realmente quer dizer.

 

O termo “justiça social” surgiu no século XIX e teoricamente define o equilíbrio entre partes desiguais da sociedade, por meio da criação políticas de proteções, a favor das “minorias”, mas tudo é baseado na velha política romana do dividir para conquistar, a esquerda criminosa. OS COMUNISTAS  são “experts” em dividir as sociedades com termos pomposos e políticas que ninguém ousaria ser contra, para implantar sua ideologia nefasta, genocida e autoritária.

 

Tomemos por exemplo a pauta global do racismo, exportada pela esquerda criminosa para o Brasil, o país mais miscigenado do mundo, que possuí uma população de negros que corresponde bem mais que a metade dos brancos e outras etnias. Segundo o IBGE o Brasil 51% de sua população é de negros, caindo por terra outra falácia da esquerda criminosa, que os negros são uma minoria.

 

Para ficar claro, raça só existe uma, a RAÇA HUMANA, portanto o termo racista está completamente equivocado, dentre a raça humana existem diversas etnias, logo o termo correto de quem não gosta ou odeia outra etnia seria ETNISTA, mas, a esquerda criminosa também é expert em inventar termos pomposos e de efeito moral para enganar trouxas, desavisados e imbecis para angaria pessoas em favor de sua “causa”.

 

A esquerda criminosa utiliza o racismo para criar divisão entre negros e brancos, com o argumento mentiroso que os brancos devem “justiça social” aos negros, porque, segundo eles, no passado os negros foram escravizados pelos brancos (escondendo que negros no passado também escravizaram brancos e até os próprios negros como aconteceu na África).

 

A escravidão faz parte da humanidade desde que o mundo existe, é uma prática cruel e tal qual existia, até meados do século XVIII, foi extinta no ocidente, mas,  para a esquerda criminosa isso não vem ao caso porque atrapalha sua sanha de dominação, com isso criam políticas para beneficiar os negros, como tornar “racismo” crime hediondo inafiançável. Chamar alguém de negrão, macaco ou urubu hoje em dia é crime, se o negrão te denunciar, você pode ir em cana somente por dizer esses termos.

 

Criaram também as cotas raciais para beneficiar os negros em concursos públicos e em vagas para universidade públicas, política pública equivocada que em estudos recentes demonstram que não funcionam e não promovem a tal da justiça social entre negros e brancos, porque a grande maioria dos negros que entram para a universidade pelas tais cotas raciais não terminam o curso e o abandonam, tirando assim a vaga de alguém, negro ou branco, que por mérito poderia ter sido aprovado no vestibular e se formado em algum curso superior, caso não houvesse essa regra espúria.

 

Além do que, tal “benefício”, fere o principio constitucional descrito no artigo 5º da Constituição Federal que diz que “todos são iguais perante a lei sem distinção de qualquer natureza”, portanto essa política de “cotas raciais” é inconstitucional, mas como temos 11 bandidos de toga na mais alta corte da justiça, trataram logo de julgar tal política de cotas raciais como constitucional, ou seja, os bandidos de toga do supremo – todos esquerdistas criminosos – trataram logo de tornar, o principio constitucional de igualdade perante a lei, de inconstitucional para tornar algo inconstitucional, como as cotas raciais, constitucional, não você não leu errado é isso mesmo, os atuais integrantes do  Supremo Tribunal Federal,  todos advogados esquerdistas, formados em universidades esquerdistas, indicados por Presidentes criminosos – todos corruptos, sabatinados e aprovados por senadores corruptos, devem lealdade aqueles que os indicaram e interpretam a constituição para atender a causa que eles defendem e querem implantar no Brasil, para escravizar o povo brasileiro, o nome disso é ativismo judicial, outra técnica da esquerda criminosa para dominar a sociedade.

 

Esses são apenas dois exemplos do que a esquerda criminosa prega como justiça social, existem outras ações que englobam a tal justiça social, como o gayzismo, o feminismo, o abortismo, o desarmamentismo, o ativismo judicial, o assistencialismo, etc.

 

A esquerda criminosa e sua falácia de justiça social está há quantas décadas nesse discurso mentiroso? A esquerda criminosa governou esse país por quantas décadas? E por que diabos nesse tempo todo a justiça social não foi alcançada? A resposta é simples: A JUSTIÇA SOCIAL É IMPOSSÍVEL DE SE ATINGIR PORQUE NÃO EXISTE

 

A justiça social é um termo inventado para enganar trouxas, é um produto imaginário, inventando pela esquerda criminosa para se vender como defensores dos pobres e dos oprimidos e para impedir o que realmente interessa à civilização ocidental:

A PROSPERIDADE SOCIAL

Esquerdistas são comunistas, odeiam o capitalismo, porque somente o capitalismo pode fazer prosperar sociedades inteiras, como demonstra a história.

 

Quando comunistas chegam ao poder, a justiça social que tanto pregam, na prática, é TRANSFORMAR  SOCIEDADES  INTEIRAS EM  POBRES  E  MISERÁVEIS.

 

Tal qual a lei da entropia, nivela tudo baixo, (A leia da entropia é uma lei da física que está relacionada à desordem, e nivela tudo por seu nível mais baixo, um exemplo da lei da entropia é uma laranja podre em um cesto de laranjas, apodrece todas as outras), querem impedir a prosperidade,  porque se todos forem prósperos a ESQUERDA CRIMINOSA E SEU DISCURSO MENTIROSO DA JUSTIÇA SOCIAL ACABA!

 

Nenhum partido político no mundo se atentou para isso e não combate o discurso mentiroso da justiça social, não demonstram ao povo que a justiça social é somente um discurso mentiroso que perdura por séculos, que é algo inatingível, nem mesmo nos EUA de Donald Trump, a maior potência econômica e o povo mais próspero do mundo, a falácia da justiça social é combatida, muito pelo contrário, os Republicanos,  que teoricamente seriam a direita e os conservadores dos EUA, votam a favor para as políticas de cunho de assistência social, mas a Administração Trump foi a que mais se aproximou da Prosperidade Social com seu discurso de campanha, AMERICA FIRST e M.A.G.A. (Make America Great Again) que se tornou sua principal política econômica para os EUA em seus 4 anos de governo, mesmo com todas as dificuldades, os EUA teve uma prosperidade social que não se via no mundo desde a era da Administração Reagan; pleno emprego e níveis baixíssimos de desemprego.

 

A prosperidade social só é possível em uma economia sem a mão pesada do Estado, sem a extorsão tributária e sem regulamentações burocráticas que emperram o progresso e principalmente sem os gargalos da corrupção entre o empresariado e agentes públicos.

 

Somente o trabalho honesto, a meritocracia e a oportunidade para todos, poderá trazer prosperidade social a povos inteiros.

 

A PROSPERIDADE SOCIAL deve ser o foco dos conservadores e liberais do mundo todo, contra a falácia da justiça social esquerdista, não só no discurso, mas na prática também.

 

PROSPERIDADE SOCIAL JÁ!

Reinaldo Bueno Jr., Administrador de Empresas, Cristão sem religião, armamentista armado e atirador esportivo, nacionalista beirando a xenofobia, ativista político há 3 décadas, crítico desse sistema golpista, absolutista e escravagista, descendente dos desbravadores do Brasil – Os Bandeirantes – que fizeram deste maravilhoso Pais o gigante que é hoje, devorador de livros e nas horas vagas escritor de textos para desbravar mentes e corações.

 
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Assinar
Notificar
guest


Atenção: O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais ao autor, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

 

1 Comentário
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários
Aureo Alessandri

Sensacional !!!!

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091