[Que corrente queres nos pés]

Charles Burck


Que corrente queres nos pés, a azul ou a vermelha, O cavalo indiferente que passa a galope te abre o crânio, Come teus miolos e remexe os teus bolsos, Rouba as tuas moedas e pensas tu que deves algo a ele, O segues tentando acompanhar o seu trote, Arrastando os teus sonhos pelo chão poeirento, No desejo de que tu um dia pertenças ao todo. Pobre de mim ave agourenta que perdi minhas penas às águias de cabeça branca Posso saber-te um animal sem dono, faminto e com sono, Com tantas palavras presas à garganta sem que saibas emitir sons Expressar os teus desejos, mas só conheces o mundo às apalpadelas, Pois os teus olhos roubaram-te também Ainda bem penso eu que as minha previsão não se concretizem, Nostradamus me falou sobre o fim do mundo As crianças se escondendo sob os cobertores para não verem cair os escombros Estarei sozinho então, ou aos poucos que me compreendem, Eu sei que a boca aberta da noite, o fim do mundo é individual, Preparo mapas e vendo lanterna, o preço não cobro, à profundidade que meço faço mapas astrais e horóscopos de onde se esconder do juízo final Afinal o poço é mais fundo do que parece, até onde a luz chegue Há uma estrela parada, agonizante como nós, Peço que ela junte-se à turba, itinerantes desertos, corpos que sentem a dor, mas não se atrevem a pari-la, deixam-na avançar a gestação nove meses e mais nove, Ao que o feto cresça e nos rasguem os ventres, mas das correntes não escapamos, elas nos levam ao inferno, onde o diabo cobra sua devida parte

 
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Assinar
Notificar
guest


Atenção: O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais ao autor, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091