Profecia

Charles Burck

 – MEMBRO FUNDADOR

Jamais saberá a coreografia do beijos a geografia dos seios, e a topografia da alma, sem beijar-me 

Beija-me aos bocados, os lábios afrontados e os peitos colados, 

Traduz-me sem anseios os percalços da alma, e eu te direi dos obstáculos a encontrarmo-nos 

Foi difícil o percurso, os campos minados, os dias mais altos no meio do sol, e os desvios não marcados nos mapas, 

Enterrei-me nos atalhos sob a terra, e perdido em perdidas orações, quase sucumbi ao 

desterros de outros crucificados 

As bruxas mancomunadas leram as minhas linhas, e manipularam os nossos caminhos, 

Cansei-me em muitas vidas, e das mundanas  ao dormir sobre outros corpos disponíveis nas noites vazias, e chorei a saudade dos teus olhos nos meus 

Vi tuas vidas refletidas nos espelhos e acreditei nas profecias, na magia da borra de café

havia uma sombra sobre a tua e eu precisei criar um sol do nada, das minhas mãos calejadas, das roupas surradas e do coração que sempre te buscou 

 
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Assinar
Notificar
guest


Atenção: O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais ao autor, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

 

3 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários
Barata Cichetto

Charles Burck é um poeta impressionantemente lírico e mordaz. Obrigado por partilhar conosco sua lira!

LuGenez

você simplesmente é fantástico. A poesia brotando deslumbrante, em cada linha.

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091