[O destino é um reino escasso demais]

Charles Burck


O destino é um reino escasso demais para acompanhar o que eu penso

Vou arrumando as moradas em livres adágios

Não há palavras fazendo amor, sou eu seco e sem solução,

Bebo da minha própria sede, sonos e sonhos

Em uma vida sem porta e sem janelas

Vou traduzindo a chuva, gota a gota, uma a uma

Deito num barco e durmo

Perco-me enquanto chovo.

 
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Assinar
Notificar
guest


Atenção: O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais ao autor, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091