[Eram só pontos cardeais e cartas náuticas e bússolas e mapas de apoio]

Lu Genez

 – MEMBRO FUNDADOR

Eram só pontos cardeais e cartas náuticas e bússolas e mapas de apoio

Linhas e traçados transversais, longitudinais

Apontando para um rumo, um ponto certo, um ponto cego.

Eu aqui menino, com meus sonhos todos

A lua e os monstros e os bandidos espalhados

E eu astronauta, herói da capa invisível, o policial durão do pedaço

Esperando pelos seus olhos a me dizer sobre o mundo.

Contar sobre as curiosidades e perigos

Proteger-me dos monstros debaixo da cama

Que em certas noites, não me deixam dormir.

 

Perdi tua mão no meio da multidão

Nenhum super herói me salvando do medo

Preciso me lembrar certo do nome todo

E do meu endereço.

Talvez os mapas me sirvam

E eu volte pra casa.

Faz frio nesse lugar perdido.

 

E eu só sou um menino, de mãos trêmulas e suarentas

Dê um papel, que é para eu desenhar minha casa

Nela, tem janelas de vidro e uma boa porta de madeira

Também tem jardim, rosas amarelas esquecidas

E o Thor que late alto e faz buraco fundo.

Só me prometam, que os mapas acenderão o iluminado

Que meus bonecos estarão esperando

Que a lua ficará no céu daqui

Brilhando forte, enquanto seus olhos não me veem.

 

23\03\20

 
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Assinar
Notificar
guest


Atenção: O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais ao autor, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091