Poesia: Barata Cichetto – Desmorto

Barata Cichetto


Quando eu morrer não quero um quadro pintado com cores

Não quero desenho com asas, com chifres e nem com flores

Que me retratem nu e de pau duro, de preferência melado

Não sou belo nem santo, apenas poeta, que escreve pelado.

 

Quando eu morrer, já disse que não quero coroas de cravos

Pois flores são para amores, e lembranças são para escravos

Que então me retratem com o caralho lambuzado de porra

E que se masturbem as amantes, e que melado lhes escorra.

 

Já disse e peço, que nenhum artista como coitado me pinte

Anjo barroco de asas brancas ou um demônio sem requinte

Quero retratos na mente, nenhuma póstuma homenagem

Poetas não são feitos de telas, mas de pedaços de coragem.

 

Que desenhem meu rosto com rugas, retrato de imperador

Pintem-me belo como nunca fui e gentil quanto minha dor

Que nenhuma escultura ou placa de rua tragam o meu nome

E que nenhum filho carregue a maldição do meu sobrenome.

 

E quando eu morrer decerto não descansarei em paz

Não há morte que aplaque a dor perene desse rapaz

Portanto, deixem seus tolos desejos religiosos em casa

Que minh’alma ateia eternamente queimará em brasa.

 

Mas quando eu morrer, de qualquer forma de morte

Em meu caixão eu estarei de pau duro por sua sorte

Então guarde seu desejo insano, viúva eterna de mim

Pois terás muito o que foder antes do seu próprio fim.

 

Então, quando eu morrer, depois do último suspiro

Não imaginem que em algum lugar eu ainda respiro

Porque não há desmorte alguma e de nenhuma forma

A morte é a ultima lei, derradeira regra e única norma.

 

Atendam, portanto, o ultimo desejo deste eterno moribundo

Que por seu desejo foi rei, imperfeito e um poeta vagabundo

E se um dia fores chorar por mim, que o faças por sua buceta

A jorrares plena, enquanto imaginas que te bato uma punheta.

 

15/04/2015

 
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Assinar
Notificar
guest


Atenção: O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais ao autor, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091