Imagem Por IA - Squaad AI

Os Silêncios de Luís Roxo

Barata Cichetto

“Onde começa a nossa viagem e acaba? Onde começa a nossa luz e acaba?” Essas perguntas abrem “O Silêncio dos Deuses”, a biografia do multiartista português radicado no Brasil, Luís Roxo. Elas sugerem uma exploração profunda do significado da existência e da identidade, usando as metáforas de viagem e luz para apontar uma busca interior e espiritual.

Poeta, escritor, músico, artista plástico e mais uma infinidade de exercícios artísticos, Roxo considera a arte “sua forma de estar e respirar”. Ele pondera sobre o silêncio, um tema central em sua obra, que se manifesta em várias formas e nuances: “Silêncio das Nuvens, dos Pássaros, das Flores e das Árvores”. O silêncio é apresentado de maneira poética e quase musical, evocando uma sinfonia harmoniosa. Para ele, o silêncio é uma fonte de inspiração e contemplação profunda.

A suavidade e a fluidez são constantes na prosa e na poesia de Roxo. Sua habilidade em manejar palavras é comparada a um balé, enfatizando a graça e a precisão de sua escrita: “Suas palavras parecem dançar um balé sincronizado e lúdico”. Isso reflete o cuidado e o respeito que ele tem pela arte da escrita.

Nascido em Coimbra, uma das cidades mais importantes de Portugal e mundialmente famosa por sediar a Universidade de Coimbra, Luis Roxo desde cedo demonstrou talento para as artes. Sua trajetória, agora retratada e resumida em “O Silêncio dos Deuses”, mostra seu desenvolvimento artístico e pessoal.

Residente em Porto Alegre há vários anos, Roxo mantém a suavidade como uma constante em sua prosa e poesia. Suas palavras, sempre tratadas com respeito, parecem dançar um balé sincronizado e lúdico, servindo como instrumentos para uma jornada além do Homem, do Espaço e do próprio Silêncio. Desde que começou a publicar sua obra em 1983, essa qualidade tem sido uma marca registrada de seu estilo.

“O Silêncio dos Deuses” é uma compilação de sua vida e arte, destacando suas contribuições pessoais. Neste livro, Luis Roxo nos apresenta toda a sua arte através de livros, criações musicais e pinturas, além de compartilhar a história de sua vida e de sua cidade natal. O livro é repleto de imagens de suas obras e dos lugares por onde passou.

A frase no início do livro, “No silêncio dos deuses, encontramos a profundidade das perguntas que moldam nossa existência”, ilustra a crença do autor numa epigênese aristotélica sobre o início e o fim de tudo. Ela sugere que a Palavra transcende tudo e é nela que se encontra a manifestação dos deuses, de forma ambígua. “Eu estou para além de tudo isto, de todas as coisas visíveis e invisíveis, mas guardo-te em mim.”

A biografia de Luís Roxo, “O Silêncio dos Deuses”, é mais do que um simples relato de sua vida. É uma exploração profunda de sua filosofia, onde a arte e o silêncio desempenham papéis centrais. Roxo nos convida a uma jornada além do mundano, buscando a essência da existência através de suas criações artísticas e reflexões poéticas.

29/06/2024

O Silêncio os Deuses
Biografia de Luís Roxo
236 Páginas

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!