Imagem Feita Com Leonardo AI

O Que Espero Aos Sessenta e Seis Que Não Encontrei Aos Dezesseis? – Freak News Nº 29

Barata Cichetto

O que posso esperar aos sessenta e seis, que não encontrei aos dezesseis? O que posso encontrar depois dos sessenta, que não esperei depois dos quarenta? O que quero achar, se chegar aos setenta, que não procurei aos cinquenta? Conversa de idoso ninguém aguenta, mesmo que o tal tenha menos de vinte e sete, a idade com que morreram nossos heróis de overdose. Mas é cruel a artrose e a aponevrose, e nem com mais de uma dose, aguento pensar na minha apoteose. Que decerto será tão elíptica quanto apocalíptica. É conversa fiada ou afiada, fake ou fato que a puta de meia desfiada, e a bruta desafinada cantam no mesmo coro? Acho que é: no mesmo couro… Para de brincar de guerrilha, vadia farroupilha. Deixa de engolir pilha, puta de uma filha. Esquece teus pés sujos, andarilha! Lembra que entre o fato e o retrato, a diferença quem paga é o pato, porque, assim diz o contrato, o culpado nunca é o mordomo de gravata borboleta, mas o pirata que come uma buceta. Adiante, marujos. Em frente, caramujos. Aguentem, sabujos, que um dia o dito cujo, que conta nos nove dedos, os segredos que lhe mandarão ao Inferno, trajando seu mijado terno. E agora sei que, se o bem se conta nos dedos das mãos, o mal tem nove. E que se o bem me move, o mal apenas aos tolos comove! — Não adianta espernear, se debater na cama mijada ou na frauda geriátrica cagada, sua hora será chegada, e assim seu destino será o cabo de uma enxada, ou o tiro de uma espingarda. E assim a humanidade estará livre da sua maldade e de sua criminalidade, e será essa a minha vingança contra a sua desumanidade, maldito Demônio da Desonestidade. E se minha herança for palco de meias verdades, que sucumbam também aqueles que me relegaram à clandestinidade.

17/06/2024

Leia Também: Vômito de Metáforas

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Carregando...;
Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

4 Comentários
Mais Recente
Mais Antigo Mais Votado
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários
Genecy de Souza
Genecy de Souza
27/06/2024 0:18

Entrei para o grupo dos sessenta. Número redondo. Sou um sexagenário neófito, que ainda não se ecostumou ao status de “idoso”. Obviamente, e não é de hoje, o que não consegui aos dezesseis, aos vinte, aos trinta, aos quarenta… Vejo o passado pelos olhos do presente, mas o cenário lá atrás é confuso. No devido tempo darei o peso e a devida medida. Noves fora os desacertos, o que vejo é uma comédia de erros.

Barata Cichetto
Administrador
Responder a  Genecy de Souza
27/06/2024 1:46

Pode esperar que a ladeira abaixo lhe espera com todos os seus degraus tortos e mal aprumados, e todas as longas listas de remédios e dores. É inevitável….rs

Áureo Alessandri
Áureo Alessandri
25/06/2024 8:36

Parabéns pelos seus 82 anos mesmo aos 66. Parabéns pelo texto comemorativo, ficou bem criativo. E parabéns pelas imagens de IA, criativas também.

Barata Cichetto
Administrador
Responder a  Áureo Alessandri
25/06/2024 12:13

Obrigado. Procurei fazer uma reflexão sobre individualismo, sobremaneira.

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!