O Processo

Compartilhe!

Barata Cichetto


— Não sou culpado, afinal nenhum crime foi a mim imputado. Rastejar não é meu crime, mas meu jeito de caminhar. Uma noite fui dormir contente, afinal era apenas uma barata que tinha o planeta inteiro a seu dispor, que tinha por alimento qualquer forma, orgânica, mineral, qualquer uma. Acaso ao arrancarem minha cabeça poderia eu morrer não de hemorragia ou qualquer outra coisa, mas apenas de fome. Mas ao amanhecer do dia ao acordar vi-me, para meu desespero e desespero e de minha família, transformado em um monstruoso ser… Humano.

/2010

Universo Expandido Ou Impressões e Expressões Baratas Sobre o Processo da Metamorfose de Kafka
Registrado no Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional sob Nº. 6849/10 

Luiz Carlos Giraçol Cichetto, Araraquara, SP, é escritor, poeta e Livre Pensador, um dia acordou de sonhos intranquilos e se transformou em Barata.

Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!