Cu ou Cú? Eis a Questão!

Nunca Foi Pela Ciência, Sempre Foi Pelo Seu Cu – Freak News Nº 33

Barata Cichetto

Querido amigo ou amiga. Acha mesmo que alguém está preocupado com seu cu? (Não tem mais acento no cu?) Acha que a Siença está preocupada com seu rabo? Acha mesmo que seu buraco de cagar é a preocupação dos Labs, da Big Pharma? Acertou! O Estado se preocupa com sua bunda. E como! Se preocupa em comer seu rabo, foder seu cu, arrombar seu rego. Siga o dinheiro, cumpanheiro! Siga sempre o dinheiro, porque ele explica… A titica e a Polititica. Agora virou moda foder seu rabo e dizer que é pela Çiensa. É dever de todos ir a uma clinica contratada a peso de ouro pela Secretária do Bem Star, aquela mesma, que mandou prender quem na praça quem queria respirar. Já esqueceu, querida Madame, que ainda usa máscara de álcool gel? Esqueceu, cumpanheiro, quando disseram que doze doses de vaxina era a panaceia da odisséia da diarréia. A cesta básica agora inclui ferrar sua bunda, a doença do dia. A mensal epidemia. Fantasmas do esgoto. Tendas do escroto. E o lucro é o que cai real na conta do Prefeito e do outro sujeito, porque ninguém é perfeito, mas ser imperfeito, agora é parte da Federal Constrituição. Agora é tudo Mutirão. Da Ferida à Fodida. De Foder seu rabo, porque a moda é a Colonoscopia. Que copia. A da vacina chinesa, que ninguém mais lembra da tristeza, de tomar no cu pelo braço, morrer por falta de abraço, e viver como vegetal, escondido no fundo do quintal. Feito um animal Nada é ideologia, nada é politica, tudo é dinheiro. Siga as notas e saberá, cumpanheiru, que é no banheiru que sangrarão as pregas do seu cu, enquanto correm as lorotas das canhotas que amam agiotas. Nunca foi pela sua saúde, sempre foi pelo seu cu. Nunca foi pela Ciência, sempre pela dependência. Nunca foi por gentes ou indigentes, mas pelas serpentes, pelas quais pagaram os sem dentes, doentes, e todos os crentes, que acreditaram na Verdade da Ciência e na Ciência da Verdade, quando de fato era tudo fake, e Freaky, e que importa, é o Poder, do Estado às Pharmas, em foder a porra do seu rabo!

27/06/2024

Leia Também: Vômito de Metáforas

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Carregando...;
Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

2 Comentários
Mais Recente
Mais Antigo Mais Votado
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários
Vinnie Blues
Vinnie Blues
29/06/2024 10:12

Viva o colonoscopismo desenfreado que assola o Brazil… Por falar nisto acabei de flagrar um mendigo cagando na porta da minha casa. Sinais da BOSTIFICAÇÃO generalizada…

Barata Cichetto
Administrador
Responder a  Vinnie Blues
29/06/2024 11:56

A bostificação já tomou conta, por isso a pressa e a urgência em colonoscopizar a população.

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!