Imagem Criada Por Barata Com IA (Leonardo AI)

Nossas Bisavós Lembravam das Bisavós, Avós das Avós; Mães de Mães. E Nós, Sequer lembramos Nem de Nós – Freak News Nº 41

Barata Cichetto

Meu amigo Marcus Vinícius, que tem suas taras e seus vícios, não parece Syd Vicious, com suas caras e seus ofícios, mas mantem os resquícios de um velho freak, um antigo beatnik. Cantando Thick as a Brick, em ritmo de valsa. Talvez seja de salsa. Tem outro amigo, que parece Lou Reed cantando Vicious, rimando “flower” com “hour”, ou seja, flor com hora. E agora, Daniel, com sobrenome alemão, outro amigo, me diz que sou “Barata On The Road Kerouac”. E lembro do Kojak e seu pirulito, e nem acredito, que já tem cinquenta anos que eu assistia, Kolchak e Os Demônios da Noite. E, caralho, que mistura escrota que eu faço. O que tem a ver o Homem de Aço com a perda do cabaço? O que tem o alho a ver com a porra do bugalho? Aliás, que merda é essa de bugalho nem desconfio, mas confio que seja algo da natureza, como o caralho e o alho. Minha cabeça em frangalhos por causa dos paspalhos. — O seguro morreu de velho, o escaravelho é o do Diabo e eu gosto de comer quiabo com ovo. E meu estorvo é ler O Corvo, do Alanpou. Pow ou pau. Quem não limpa o mingau, quem chupa meu pau. Ah… Nada mal. Ou seria nada mau? Entre o bem e o mau, entre o bom ou mal, o meu prefiro com sal. Já falei isso quando vomitei, metáforas que ninguém leu. E se não leu se fodeu. Que nem eu. Sou mesmo um tonto, que está sempre pronto, a acreditar que alguém de pronto me leia, sabendo que quem penteia a cabeça da sereia é aquele incendeia a aldeia. E fico aqui rimando teia com veia, acreditando que o que não venta não penteia. E que quem não venta não inventa, apenas na veia sorve o que incendia. Morro sozinho na minha aldeia, que me despenteia, e na manhã sorve a aveia, e na vida serpenteia, feito cobra picada de aranha, que se não arranha, decora a ceia, que a mata incendeia. E não tenho ninguém, com que eu possa, feito um Jesus descido da cruz, dividir a minha ceia.

30/06/2024

Leia Também: Vômito de Metáforas

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Carregando...;
Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!