Lu Genez – [Veste teus mortos, leva-os ao túmulo, entrega-os ao pó e, as sutilezas da terra]

Compartilhe!
Lu Genez

Veste teus mortos, leva-os ao túmulo, entrega-os ao pó e, as sutilezas da terra.
Diz uma reza de despedida, acolhe a dor em teu corpo,
Suporta o peso da perda nos ombros.
Leva-te o sagrado, o desespero, as faltas e o fim.

Estamos órfãos a partir daqui, descalços e perdidos,
Sem nenhum ascendente vivo, só o sangue a nos ditar o caminho.
Como se perde um pedaço, sem que a voz lhe corte o resto da garganta.

A saudade é remédio amargo, para as nossas convalescenças.

Resta-nos amparar os vivos e os filhos das nascenças,
O rio sempre continua nas correntezas, carregam os legados de suas margens.
Desaguam em outras águas, em dias de novo clareado.

O mundo caído e descabido dos regressos, tem cinza amanhecido no céu de hoje.

Lu Genez, Curitiba, PR, é poeta escritora, e Livre Pensadora.

Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!