Lu Genez – [O legado do erro]

Compartilhe!

Lu Genez


O legado do erro, os caninos sujos e os pés tortos

O erro é um erro, um erro é um erro, erro é erro
Até que se prove o contrário, até que o dinheiro compre,
até que a mentira mil vezes contada, se torne a verdade apocalíptica de ontem.
Aos jornais da ocasião, dá-se o furo no editorial.

Os juízes são mestres nas artes da clarividência, sabem de antemão, a milhar seca do jogo dos animais fantásticos.
São os outros, que trabalham para o sustento da prole, e lhes escapam a sorte das benesses da cabala.

As tetas se dão ao privilégio das escolhas,
São indicadas, as arcadas dentárias de cores branco gelo, e facetas perfeitas
Ao módico preço de venda, ao escambo de um órgão funcional,
Ou o hímen sacro das virgens de saias plissadas.

Caninos sujos e pés descalços são inconvenientes em dias de estreia,
Muito mais que as mãos dos desonestos
Nada que a pena da justiça, não dê ao seu jeito
Distorça a lida e mate o inocente.

Dentifrício é de difícil soletração, na vila dos desdentados e banguelas de ofício.
Nasceu mais um moleque, na terra de ninguém.

19.Abril.22

Lu Genez, Curitiba, PR, é poeta escritora, e Livre Pensadora.

5 1 Vote
Avaliação do Artigo
Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários