Leia Mais

Um clipping diário com as matérias interessantes publicadas na mídia independente e sem amarras.  As Escolhas do Editor.
“Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade”

Brighteon: Os líderes negros ousam dizer a verdade sobre o genocídio de despovoamento de vacinas

Brighteon – 05/03/2021

Enquanto liberais Brancos estúpidos e com lavagem cerebral estão fazendo fila para serem vacinados com uma injeção mortal secreta de vax “kill switch”, os líderes Negros estão soando o alarme sobre a agenda do genocídio da vacina para exterminar os Negros.

Uma das vozes mais precisas e corajosas que está falando publicamente contra o genocídio da vacina não é uma pessoa branca, e também não é cristã. Ele é um muçulmano negro.

Brighteon: O Quarto Reich está aqui – nazistas agora no comando da América

Brighteon – 06/03/2021

Após a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos trouxeram centenas de cientistas nazistas para os EUA por meio da Operação Paperclip. Eles receberam novas identidades e empregos, colocados para trabalhar no desenvolvimento de tecnologia de armas com o Pentágono e a NASA. Todo o programa espacial dos EUA que levou um homem à Lua foi baseado na tecnologia nazista e administrado por cientistas nazistas.

A ideologia nazista de autoritarismo e genocídio global contra raças “inferiores” continua hoje e é abundantemente observável nas ações de globalistas como Bill Gates, que buscam o despovoamento como uma “solução final” para salvar o planeta.

Estamos agora vivendo sob o “Quarto Reich” dos nazistas, com queima de livros, censura, corporações fascistas, bloqueios econômicos do governo, poderes renovados da polícia secreta e muito mais.

Brighteon: Não somos a primeira civilização na Terra a enfrentar uma destruição catastrófica

Brighteon – 04/03/2021

À medida que a civilização humana moderna entra em um colapso acelerado globalista, somos lembrados de que a ascensão e queda da civilização avançada já aconteceu pelo menos uma vez antes no planeta Terra.

Agora estamos assistindo a uma agenda de genocídio global planejada sendo implementada bem diante de nossos olhos, com escassez de alimentos planejada, terraformação da atmosfera, um colapso econômico planejado e o envenenamento em massa da humanidade através de 5G, chemtrails, pesticidas e metais pesados.

Os sobreviventes serão poucos, mas se quisermos estar entre eles, devemos aprender as verdadeiras origens da humanidade e a história do que aconteceu antes de nós.

Brighteon: Finalmente, os asiáticos estão enfrentando as teorias raciais preconceituosas da esquerda lunática

Brighteon – 03/03/2021

A “Teoria Crítica da Raça” de esquerda é uma filosofia de intolerância, racismo e discriminação não apenas contra os brancos, mas também contra os asiáticos, e os asiático-americanos estão finalmente se manifestando contra a insanidade.

Se você é asiático na América hoje, é punido por sua ancestralidade, muitas vezes negada a entrada em faculdades e universidades para que esquerdistas / democratas fanáticos possam abrir caminho para “pessoas de cor” não qualificadas para tirar oportunidades dos asiáticos.

É puro preconceito, racismo e discriminação. Mas o DOJ do regime de Biden não vai processar as universidades por esse ataque flagrante e ilegal aos direitos civis.

Brighteon: Ambos os partidos políticos são agora pró-vacina, pró-morte, anti-humanos

Brighteon – 02/03/2021

É triste dizer, mas depois da postura pró-vacina no CPAC, devemos agora concluir que ambos os partidos políticos (Dems e GOP) são pró-vacina, pró-morte e anti-humanos.

Os democratas assassinam seres humanos em massa através do aborto, chamando isso de “saúde da mulher”. O GOP assassina seres humanos em massa por meio de vacinas, chamando isso de “saúde pública”.

A Big Pharma e a indústria global de vacinas genocidas capturaram todos os líderes políticos em todos os lugares (com “subornos” e doações de campanha), e nenhum partido político proeminente ousará dizer a verdade sobre como as vacinas estão sendo usadas para ajudar a livrar o mundo do que os globalistas consideram para ser “excesso de população”.

 

China compra escolas no Reino Unido e insere pautas políticas na educação

Brás Oscar – Brasil Sem Medo – 23/02/2021

Uma denúncia importante feita por Nigel Farage e pelo jornal britânico Daily Mail esta semana confirmam que o Partido Comunista de Xi Jinping está numa nova etapa, mais agressiva, em sua expansão sobre o Ocidente: a China está comprando escolas privadas no Reino Unido e inserindo suas pautas políticas nas disciplinas.

Desde o início da crise sanitária, iniciada em 2019, que a ditadura chinesa colocou o pé no acelerador em sua política conhecida como “Um Cinturão, Uma Rota” – também chamada de Nova Rota da Seda – que, apesar dos esforços de Pequim em amenizar a situação como “uma tentativa de melhorar a conectividade regional e abraçar um futuro mais brilhante”, trata-se de uma série de projetos de investimento e infraestrutura para garantir o domínio chinês num novo ordenamento econômico e social global.

Puggina: Exceções Criam Regimes de Exceção

Percival Puggina

Faltou apenas o chargista. O plenário do STF, se desenhada sua decisão, mandou o deputado Daniel Silveira para a cadeia de modo cesáreo, virando os polegares para baixo. Ninguém esperava, é claro, que o voto do relator pela manutenção da prisão fosse de gravar no mármore das mais nobres cortes. Mas tampouco se esperava o que veio: um amontoado de motivos por falta de razões de Direito.

Não aprovo os modos do parlamentar a quem jamais vi. Congressista boquirroto, contudo, não deixa de ser congressista. Deputado malcriado, desaforado, preserva suas prerrogativas. Ministros do STF, boquirrotos e desaforados, não deixam de ser ministros. O caminho natural dos excessos de parlamentares é a Comissão de Ética; dos ministros, é o Senado Federal. Para uma Corte tão liberal em soltar presos condenados por crimes reais contra a nação, a prisão do referido parlamentar soa como vendeta.

Ernesto Araújo: Não se pode permitir o lockdown do espírito humano

Em discurso na abertura da 46ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (CDH-ONU), nesta segunda-feira (22), o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo disse: “As liberdades fundamentais são hoje ameaçadas por desafios crescentes, e a crise da Covid apenas contribuiu para exacerbar essa tendência. Sociedades inteiras estão se habituando à ideia de que é preciso sacrificar a liberdade em nome da saúde. ” E continuou: “mas não se pode aceitar um lockdown do espírito humano, o qual depende fundamentalmente da liberdade e dos direitos humanos para exercer assim sua plenitude”
.

Fiuza: Máscara dupla para cara de pau

Guilherme Fiuza – Gazeta do Povo

Aí aparece o badalado Dr. Fauci, que é uma espécie de fornecedor de manchetes apavorantes, avisando que agora o negócio é usar duas máscaras. Sim, isso mesmo: uma máscara em cima da outra. E ele não estava falando do carnaval. Em qualquer conjuntura mais ou menos sadia isso seria considerado um escárnio. Mas a notícia circulou tranquilamente com cara de diretriz científica e foi consumida como tal. Como assim? Se uma máscara não funciona, ela não deveria ser substituída por uma que funcione?

 

Não. Segundo a moderna literatura científica fast food, a junção de duas barreiras que não barram desencoraja o coronavírus. Com toda certeza essa diretriz fará muito bem à saúde dos vendedores de máscaras vagabundas.

Brighteon: Relatório do Apagão do Texas

Brighteon – 18/02/2021

Estamos experimentando o inverno negro de Joe Biden ou algum tipo de convergência de vários cisnes negros. É como viver em um país do terceiro mundo.

(…) Uma breve imagem do que realmente está acontecendo no Texas. A maioria das pessoas não tem acesso à Internet, as torres de celular estão desativadas porque dependem da rede elétrica. Os apagões contínuos nos dão apenas quatro minutos de energia a cada 30 minutos.

Muitas comunidades no Texas têm pressão zero da água porque as torres de água acabaram. A maioria dos supermercados está fechada e as pessoas estão racionando os suprimentos de comida.

Parece um cenário pós-EMP (*). Este é um verdadeiro teste de preparação.

Nota do Editor:
(*)EMP Eletro -Magnetic Pulse (Pulso Eletro-Magnéticoem Português é um pulso de alta energia de largo espectro que se propaga pelo espaço que gera um campo elétrico defasado de um campo magnético, cuja frente de onda pode danificar componentes eletrônicos de estado sólido inseridos no campo em questão. Os pulsos eletromagnéticos conhecidos podem ser produzidos por fenômenos naturais (explosões solares ou explosões estelares) ou pela ação humana. Neste caso, são produzidos geralmente de forma relativamente descontrolada, como durante a explosão de armas nucleares. Alguns tipos de armas convencionais, como as bombas de pulso, também podem produzir um pulso eletromagnético de alcance reduzido, capaz de danificar equipamentos microeletrônicos sólidos, como computadores e meios de comunicação.

Esquerdismo irá destruir a civilização … veja como pará-lo antes que seja tarde demais

Brighteon – 16/02/2021

A esquerda deseja que a sociedade entre em colapso e destrua os Estados Unidos da América e, em última instância, a civilização humana. Eles são fantoches do globalista que estão empurrando o despovoamento e o genocídio global.

Precisamos lutar contra a insanidade do culto de esquerda que parece estar no comando da maioria das instituições da sociedade. Eles são loucos e levarão a raça humana ao colapso, se permitirmos.

É disso que temos que nos defender se quisermos sobreviver. Esteja preparado para rejeitar isso e podemos ter a chance de sobreviver juntos.

Aborto e suicídio assistido são faces da mesma moeda e precisam acabar

Renata Côrtes Diniz – Estudos Nacionais – 05/02/2021

Embora os defensores do aborto muitas vezes afirmem que o movimento pró-vida não se importa com a vida das mulheres, a verdade é que um grande número de pró-vidas se concentram em proteger os que estão entre os mais vulneráveis da sociedade, do útero ao túmulo. Não importa se a pessoa em questão é um bebê prematuro com nove semanas de gestação, uma mulher jovem ou um homem de 90 anos chegando ao fim de sua vida. Todos os seres humanos são iguais em valor e dignidade inerentes.
Tanto os adeptos do suicídio assistido quanto da indústria do aborto, querem permitir que não seja necessário um diploma em medicina para realizar procedimentos médicos, no caso do aborto, cirurgias.
A principal objeção do grupo parece ser que esta lei restringiria o acesso ao aborto em grande medida. Ou seja, querem fazer mais abortos do que já fazem atualmente. É incrível ver militantes abortistas, que gritam aos quatro ventos que mulheres morrem por fazer aborto em clínicas clandestinas lutarem tanto para que o aborto não precise de um médico para ser realizado.

Revista Time admite que houve um conluio entre bilionários e agentes do estado para impedir a reeleição de Donald Trump

Braulia Ribeiro – Brasil Sem Medo – 05/02/2021

O embate entre o ex-presidente Donald Trump, Jack Dorsey, o CEO do Twitter que acabou deflagrando uma guerra contra a livre expressão na América, tornou clara uma coisa que todos nós no fundo já sabíamos mas estávamos com medo de admitir. O poder mundial já não está mais nas mãos das estados-nações e seus governantes, mas de alguns bilionários e trilionários, e alguns deles da geração dos millennials. O mundo em que se falava das nações como “potências mundiais,” em que se temia como a Rússia ou a China iriam afetar o mercado mundial — esse mundo está no fim. Política internacional não é mais uma questão de nações soberanas, negociando e pensando de maneira a preservar seus valores coletivos; agora, é uma competição de subserviência entre os governantes nacionais na disputa por verbas oferecidas pelos mesmos guardiães iluminados.
(…)
Os novos donos do mundo detêm como pessoas físicas mais poder do que nações inteiras, por serem CEO’ de companhias bilionárias que controlam as Big Techs, o mercado mundial da comunicação digital, além da distribuição de bens de consumo. O jornal The Epoch Times noticiou recentemente que esses bilionários estão investindo maciçamente na compra de terras. Embora a concentração de terras nas mãos de indivíduos aqui nos EUA pareça até modesta, assusta a notícia de que gente como Bill e Melinda Gates, Bezos e Musk estão se esforçando para se tornarem donos também, quem sabe, da produção agrícola americana.

As ferramentas de detecção de incitação ao ódio do Facebook irão “desprezar” a conduta odiosa em relação a brancos e homens

Dinâmica Global – 30/12/2020

 

O gigante da tecnologia Facebook supostamente começou a revisar seus algoritmos de discurso de ódio, o que incluirá a reengenharia de sistemas de moderação automatizados para detectar e remover linguagem ofensiva que considera “o pior do pior”. Documentos internos, de acordo com o relatório, indicam que o Facebook priorizará a detecção e remoção de comentários de ódio direcionados a negros, muçulmanos, LGBT e judeus. A empresa também “não prioriza” os comentários de ódio feitos contra brancos, americanos e homens.

Ryan Hartwig compartilhou capturas de tela em redes sociais, demonstrando que tem “muitos exemplos” de como a plataforma se posiciona branda contra o “discurso de ódio” contra os brancos, como “você – lixo branco”, que não são considerados violação das regras rede social.

As empresas americanas agora veem o povo americano como seu inimigo

Brighteon – 13/02/2021

Com os gigantes da tecnologia criminosa agora, de forma maliciosa, deslocando a plataforma James O’Keefe (Projeto Veritas), Robert F. Kennedy, Jr. (Defesa da Saúde das Crianças), Wayne Allen Root e qualquer pessoa que questione as falsas narrativas da esquerda totalitária, nós ‘ entramos em uma nova era sombria em que as empresas agora consideram o povo americano como seu inimigo.

 

 

Pior ainda, o Bank of America agora escaneia secretamente seus registros financeiros e informa você ao FBI se você comprar passagens aéreas para destinos de que não gosta.

 

 

Agora entramos em uma nova era, onde corporações poderosas, como gigantes da tecnologia, bancos, grandes empresas farmacêuticas e marcas de produtos de consumo, agora consideram você como seu inimigo. E eles querem destruir você. Até matar você. As corporações tornaram-se terroristas.

 

Como funciona a doutrinação marxista

Edilson Salgueiro – Revista Oeste – 12/02/2021

Autor do livro ‘Marxismo: na Contramão do Bom Senso’ explica como o pensamento de esquerda se propagou nos meios intelectuais. E propõe maneiras de combatê-lo.

 

Carlos Eduardo Brechani, promotor de Justiça do Ministério Público de São Paulo, dedicou-se por quase duas décadas a entender as origens do marxismo, compilando mais de uma centena de obras de autores e agentes políticos empenhados na propalação dessa ideologia no Ocidente. O resultado do estudo minucioso é o livro Marxismo: na Contramão do Bom Senso, que explica as razões da prevalência do pensamento marxista nas universidades, na produção cultural e na política, além de propor meios para combater o processo de doutrinação ideológica progressista estabelecido no Brasil. Em entrevista concedida à Revista Oeste, Brechani esclareceu as minúcias que permeiam a obra do filósofo socialista alemão Karl Marx.

 

Marx e Engels propõem que todos os conflitos da História têm a sua origem na contradição entre forças produtivas e o modo de trocas. Ainda que possam não ter lido nenhum texto sobre esses autores, progressistas reproduzem direta ou indiretamente a mesma tese. Como é que esse modo de pensar se dissemina tão notavelmente nas universidades, na imprensa e nas artes?

A banalização das palavras e a distorção da História

Ana Paula Henkel – Revista Oeste – 12/02/2021

A imprensa compara a invasão do Capitólio a genocídios na Bósnia e em Ruanda e acha normal o ‘cancelamento’ de nomes como Abraham Lincoln, George Washington e Thomas Jefferson.

 

Emilio Gentile, 72 anos, é um dos principais historiadores italianos especialistas em fascismo. O fascismo histórico e real, não o imaginário que existe na mente de dez entre dez pessoas que não concordam politicamente com Jair Bolsonaro ou Donald Trump. O professor aposentado da Universidade de Roma prega que o uso indiscriminado da palavra “fascista” produz uma banalização perigosa do termo: “Usar demais a palavra fascismo não cria uma reação hostil a ele. Ao contrário, torna-o fascinante para tantos desgraçados em busca de respostas simples. Quem se apropria de maneira irresponsável dessa palavra arrisca a ampliar o neofascismo, em vez de combatê-lo”.

 

Banalizar, conforme ensinamento do nosso recorrente Aurélio, significa vulgarizar. Em outras palavras, tornar irrelevante aquilo que é significativo. Valores importantes passam a ser minimizados e aquilo que é errado passa a ser considerado normal, principalmente quando praticado por pessoas importantes do cenário público.

Grupos ambientalistas denunciam Bill Gates por perigoso esquema de despovoamento por terraformação

Brighteon – 12/02/2021

De repente, grupos ambientalistas na Suécia perceberam que o esquema de Bill Gates para poluir os céus, escurecer o sol e colapsar o suprimento global de alimentos para gerar fome e morte generalizadas não é uma ideia tão “verde”, afinal.

Eles estão clamando por Gates por seu esquema insano, genocida e anti-humano de “formação de terror” que desencadeará um colapso global de toda a biosfera. (Qual é o seu objetivo, é claro.)

Lei Allan dos Santos pune censura nas redes sociais

Paulo Briguet – Brasil Sem Medo –  10/02/2021

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) protocolou nesta segunda-feira o projeto de lei 291/2021 — a Lei Allan dos Santos. O PL prevê multa e suspensão por até 90 dias do direito de operações no Brasil para empresas de tecnologia que venham a praticar censura contra usuários das redes sociais.


Segundo o autor da proposta, a Lei Allan dos Santos tem por objetivo garantir a liberdade de expressão dos usuários brasileiros da internet. Se aprovada, a lei punirá as empresas provedoras de redes sociais —conhecidas como Big Techs —que venham a praticar atos de censura como o banimento do canal Terça Livre pelo YouTube, no início deste mês. Do dia para a noite, sem nenhum aviso prévio, o YouTube “vaporizou” permanentemente o canal criado pelo jornalista Allan dos Santos, privando 1,4 milhões de usuários do direito de acessar seus conteúdos. Evidentemente, trata-se de uma perseguição voltada aos comunicadores de linha conservadora —esquerdistas e isentões jamais são alvos desse tipo de censura. Note-se que o YouTube baniu o Terça Livre após a pressão da milícia digital Sleeping Giants, notória por exigir o “cancelamento” de conservadores na internet.

Como a América termina: envenenamento mental em massa desencadeia o ponto de inflexão do colapso

Brighteon – 11/02/2021

Hoje examinamos a queda da América e como o envenenamento mental em massa por meio de 5G, metais pesados, herbicidas e desinformação tóxica empurraram nossa nação além do ponto crítico da sustentabilidade.

 

A América que todos conhecemos acabou. Nunca será restaurado. Mais da metade, os eleitores estão mentalmente enfermos ou com danos cognitivos além do ponto de racionalidade, e não há como voltar do colapso da razão.

 

Devemos todos nos preparar agora para sobreviver ao abate global de seis bilhões de pessoas à medida que o plano de despovoamento globalista se desenrola nos próximos anos. Eles provavelmente terão sucesso.

 

Os “sobreviventes” de tudo isso serão aqueles que rejeitaram as vacinas e praticaram a preparação pessoal ao extremo. É hora de construir sua arca. O dilúvio está chegando.

A censura “cidadã” exercida pelas Big Techs

Andrew Doyle, da Spiked – Revista Oeste – 29/01/2021

Se aplaudirmos quando censuram nossos inimigos, não teremos o direito de reclamar quando nos silenciarem.


O maior truque dos autoritários é convencer seus subordinados a se alegrarem com o próprio subjugo. Temos visto autoproclamados “esquerdistas” celebrando corporações multibilionárias que aumentam suas políticas de censura e a determinação de controlar os parâmetros de pensamento e expressão aceitáveis. A força dos sentimentos contra Donald Trump significou que sua proibição permanente de todas as grandes plataformas de mídias sociais está sendo tratada como uma vitória para os valores progressistas. A sensação instintiva de satisfação que surge quando se vê um inimigo ser silenciado cegou muitas pessoas para a questão mais ampla. Esses são os imbecis que olham para o dedo enquanto o sábio aponta para a Lua.

Como um grande crítico de Trump, seria muito fácil eu me juntar ao coro de aprovação e mandar meus parabéns a Jack Dorsey e Mark Zuckerberg por se posicionarem contra um presidente cujo comportamento foi tudo menos presidencial. No entanto, fazer isso seria uma derrota pessoal. A censura das Big Techs deve ser um dos temas mais importantes dos nossos tempos, e aqueles de nós que ainda se importam com as nossas liberdades têm razão em ser vigilantes.

Como os controladores globalistas já perderam o jogo final

Brighteon – 08/02/2021

Os globalistas percebem que a humanidade está despertando rapidamente, e novas tecnologias de base em breve tornarão os sistemas de controle centralizado amplamente obsoletos.

 

Então, eles estão desesperados para matar o maior número possível de seres humanos antes que a revolução global contra o mal consiga ter sucesso. É por isso que eles estão promovendo vacinas genocidas, plandemias e armas biológicas de forma tão agressiva.

 

Mas já é tarde demais. Eles perderam o jogo final. Tudo o que temos a fazer é sobreviver e ajudar a promover as novas soluções de descentralização que colocam a humanidade no caminho da vitória e da liberdade, em vez da escravidão e da tirania.

 

A atualização de configuração de hoje explica tudo. A sobrevivência é a vitória.

Extremista publica tese de Oxford defendendo perseguição a internautas

Cristian Derosa – Estudos Nacionais – 04/02/2021

A Universidade de Oxford publicou um “estudo” de uma militante extremista que defende a criminalização da livre expressão na internet, sob a justificativa da existência de uma “tropa cibernética”. A militante é Antonella Perini, que se apresenta como pesquisadora argentina e estudou em Oxford. Ela acredita na existência de uma sistêmica “propaganda computacional”, tese segundo a qual a liberdade de expressão na internet criou “tropas” que produzem uma “desinformação industrializada sobre temas políticos”.

Perini se refere às ideias conservadoras, de direita ou contrárias às agendas de grandes fundações internacionais cujas ideias ela defende. A resistência a essas agendas, na visão de Perini, são “notícias falsas, inventadas para manipular a opinião pública, foram massificadas por robôs nas redes sociais”. A ativista atua em uma ONG financiada pelo magnata extremista George Soros.

E se o Coronavírus houvesse se espalhado sem ser detectado?

John Tamny – Mises Brasil – 05/02/2021

Dentre aqueles que observaram os trágicos, desnecessários e ineficazes lockdowns feitos ao redor do mundo ao longo dos últimos 11 meses, surgiu uma pergunta interessante: como seria se o coronavírus houvesse se espalhado, mas sem jamais ser diagnosticado ou detectado? Teria a vida sido diferente em um cenário em que essa coisa que causou um enorme pânico global entre os políticos não tivesse sido detectada? Não se trata de uma pergunta desarrazoada.
Não é exagero nenhum dizer que o coronavírus é um vírus “para o mundo rico”. Fechar o comércio, proibir as pessoas de trabalhar e colocá-las para vivendo de assistencialismo do governo é um arranjo que apenas sociedades muito ricas podem se dar ao luxo de implantar. Pessoas produtivas (e por isso financeiramente bem-sucedidas) possuem empregos “portáteis” (podem trabalhar de casa) e passaram incólume pelos lockdowns (há um estudo que mostra como a disparidade de renda aumentou durante os lockdowns, para surpresa de ninguém). Acima de tudo, apenas em um mundo em que os idosos são realmente velhos é que o vírus consegue ter qualquer correlação notável com a morte.

A distopia do coronavírus sustentada por mentiras

Wagner Hertzog – Voltemos à Direita  25/01/2021

A julgar pela sua atuação implacável, não há nenhuma dúvida de que a mídia globalista está tentando criar um falso consenso, para fazer toda a população mundial acreditar que o coronavírus é uma ameaça muito pior do que realmente é. Todas as pessoas — isto é, todos os médicos, epidemiologistas, cientistas e acadêmicos — que se pronunciam a favor da verdade são rotulados como negacionistas, e consequentemente são perseguidos, silenciados e censurados de forma radical e opressiva. Michael Levitt, biofísico que ganhou o prêmio Nobel de física em 2013, já foi desligado de um evento por se atrever a falar a verdade sobre o coronavírus; ou seja, por afirmar que a maioria das pessoas é imune ao SARS-CoV-2, ele está sendo vítima da chamada “cultura do cancelamento“.

Recentemente, a extrema imprensa anticientífica chegou a publicar um artigo no qual afirmava que pessoas que recusam-se a usar máscara são “psicopatas” que não possuem empatia. Saturado de falácias, mentiras e presunções histéricas, o artigo afirma que as pessoas que não usam máscara “tendem a ser sociopatas, (…) um distúrbio caracterizado por desprezo pelos outros“.

Além de irracional, uma descrição dessa natureza é completamente destituída de lógica e coesão. O que o artigo pretende é estabelecer uma pseudo-verdade. Fica evidente, portanto, que o objetivo de um artigo dessa natureza é induzir as pessoas à obediência, empregando sutilmente métodos de engenharia social, que paulatinamente persistem em moldar os comportamentos e os hábitos humanos. Além do mais, tentando ativamente consolidar o falso consenso mencionado acima, o artigo também fala que “todos os especialistas em saúde” recomendam o uso de máscara, o que é outra mentira tão deplorável quanto absurda.

AGULHA.XYZ APÓIA E RECOMENDA:

Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091