Imagem Criada Com IA

Jornadas & Erros

Compartilhe!
Renato Pittas

Onde o real e o fantástico se entrelaçam, vivia uma jovem que carregava em seu coração o peso dos erros pessoais. Caminhava pelas ruas estreitas e sinuosas, onde cada esquina parecia contar uma história de encontros e desencontros.

Havia aprendido, da maneira mais difícil, que os erros são mestres silenciosos. Seu maior erro foi não ter dito “eu te amo” quando teve a chance. Agora, ela vagava pela cidade, buscando redenção em rostos desconhecidos e lugares esquecidos.

Certa noite, sob um céu estrelado que parecia pintado por mãos mágicas, encontrou-se com Ele, um velho amigo de infância. Com seus olhos que refletiam a sabedoria do mundo, reconheceu imediatamente a dor que ela tentava esconder.

Conversaram por horas, e ela sentiu como se cada palavra dele curasse uma ferida antiga. Ele falou sobre como os erros são apenas desvios no caminho, e que cada desencontro pode levar a um reencontro ainda mais significativo.

Inspirada por essa nova perspectiva, decidiu transformar seus erros em lições. Ela começou a escrever cartas para todos aqueles que havia magoado, pedindo perdão e explicando como havia mudado.

Com o tempo, a cidade testemunhou a transformação dela. Ela se tornou uma contadora de histórias, narrando suas aventuras e desventuras, seus encontros e desencontros, e, acima de tudo, a importância de abraçar os erros pessoais como parte da jornada da vida.

Encontrou paz. Não porque havia corrigido todos os seus erros, mas porque havia aprendido a viver com eles. E na cidade onde o real se mistura com o fantástico, descobriu que o verdadeiro encanto da vida está na imperfeição de cada momento vivido.

Renato Pittas, Rio de Janeiro, RJ, é artista plástico, poeta, escritor e Livre Pensador.

Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!