Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 01

Ibrahim khouri


Foi lá que morreu o meu sonho… Num chão batido deu seu último suspiro, mas ainda ecoa o barulho do tiro, que meu vizinho não ouviu pela televisão, nossa única janela de acesso, por onde não recebo seu cumprimento. Ele não vê o sorriso que dou, o aceno de mão que eu não faço, mas nós sabemos da nossa existência, só que a certeza, corre por conta do acaso; ora uma luz se acende, ora outra que se apaga; o barulho da água da torneira, o lixo na lixeira no dia certo, é a moderna e velada forma de comunicação, fortes indícios de que há vida: como ele, da minha janela eu ganho o mundo, basta um movimento da mão, um simples esticar do braço, e o planeta ajunta-se em pouco espaço. Sem abrir a porta eu ganho a rua, vejo praças, pessoas, violência, guerra, crimes e tudo que acontece na terra, às vezes em edição extraordinária; participo de palestras, encontros e debates e sofro com a luta da triste classe operária. Diante de minha janela sou um estúpido livre, uso tão pouco a inteligência… Solitário, não faço julgamentos, nem tiro conclusões: não há alternativas, pra que criar suposições? Não deixa dúvidas, nem preciso valorizá-las, sem com quem falar, por que pensar? Tudo se resolve, quase sempre acaba bem, e como se fosse uma eterna oração, fecho a janela, vou me deitar dizendo amém.

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 01

Ibrahim khouri
Foi lá que morreu o meu sonho… Num chão batido deu seu último suspiro, mas ainda ecoa o ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 02

Ibrahim khouri
Ah, mas no outro dia, entre mentiras e meias verdades, assisto a desfile de modas, novelas, entrevistas, às ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 03

Ibrahim khouri
Vejo os rios sofrendo a convulsão, debatem-se preso as margens artificiais, espumando-se, olha-se para frente, a fumaça cobrindo ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 04

Ibrahim khouri
Ah! Mas bem antes deste meu ingresso, nestemundo de armadilhas de Avanço ou Retrocesso eu colhia vogais e ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 05

Ibrahim khouri
Ah, do Paraíso da vida interiorana, triste regresso,deixei um lugar onde tudo era tão verdade, para encarar a ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 06

Ibrahim khouri
Tortuoso caminho se deu meu retorno, numa cidade de armadilhas, trilhas, atalhos, onde há o marcado baralho, e ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 07

Ibrahim khouri
Venha! Não vamos compactuar desta desgraça, não nos misturemos à maldita fumaça, da ambição, do desamor, nas falsas ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 08

Ibrahim khouri
Ah, quanta insatisfação… Há uma desordem dentro de mim, quase nada me satisfaz, em tudo que procuro em ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 09

Ibrahim khouri
Boa tarde, poeta Barata Cichetto. Como vai, nobre pensador Áureo Alessandri? Como vão meus nobres companheiros, de tantas ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 10

Ibrahim khouri
Neste terreno onde às vezes me refugio, da loucura entre Avanço & Retrocesso, é um espaço, um sítio ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 11

Ibrahim khouri
Hoje, não sei por quê! Tão pouco peço, mas sinto a brisa, pela fresta, entrar ardente. Embora eu ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 12

Ibrahim khouri
Olhem! Percebam! Eu lhes peço! É cruel demais ver tanto descaso, neste mundo de Avanço & Retrocesso. Agora ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 13

Ibrahim khouri
Vaza do meu corpo a imensidão do mundo, numa viagem inexoravelmente constante, nesta última fila de espera, vendo ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 14

Ibrahim khouri
A minha vida é uma Cerca Viva. Dentro dela passa o tempo como um rio solitário levando folhas, ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 15

Ibrahim khouri
Aos poucos vai despertando este Gigante, pelos homens, que neste instante, em todas as partes onde se agrupam ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 16

Ibrahim khouri
Ah, deixe-me correr atrás do sonho! Se há emoção, há vazão num poema, num graveto, num casco e ...

Ibrahim Khouri – Avanço & Retrocesso – 17

Ibrahim khouri
Estamos em junho, o mês das Festas Juninas, masnas noites, nenhum recanto luminoso brilha, nenhum fogos, sem barulho, ...

Ibrahim Khouri, Guarulhos, SP, é Poeta e Livre Pensador

Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!