Genecy Souza

Compartilhe!

Genecy Souza, de Manaus, AM, é Livre Pensador.

 

Moonage Daydream: Um Documentário Apaixonado e Apaixonante

Genecy Souza
Ziggy Stardust reagindo a uma pergunta direta do entrevistador: Como vai?
Muito bem, obrigado. E você?
Eu vou bem ...

O Gigante Gentil e a Canção da Cocaína

Genecy Souza
Quem já ouviu falar de Curtis Mayfield? Quem já ouviu Curtis Mayfield? Todo aquele que leva a ...

Um Filósofo de Pés Sujos e Dez Filósofos Essenciais

Genecy Souza
Barata Cichetto lançou mais um livro. Na verdade, um livrinho, que é um catado de citações feitas ...

Quando Uma Música Pede Para Aguentar Firme

Genecy Souza
Em meio a uma crise em que tudo parece perdido, uma música serve de alento. 30 de ...

O “X” da Questão: Quando a Ajuda Vem de Fora

Genecy Souza
Imagine a cena: em algum lugar no Velho Oeste, entre florestas e montanhas, um grupo de pioneiros ...

60 Anos de Primeiros de Abris – Revolução Já!

Genecy Souza
Sessenta anos se passaram, e ainda discute-se quem foi(foram) o(s) mais bandidos(s) naquilo que se convencionou chamar ...

A Mosca na Sopa do Século 21

Genecy Souza
21 de Junho de 1973, chegava às lojas de todo o país, o LP “Krig-Ha-Bandolo”, resultado das ...

Relatos de Uma Guerra Suja

Genecy Souza
Para começo de conversa e sem delongas, a imagem que ilustra esta matéria revela um homem deitado ...

Feliz 2023 (Se é Que Você Me Entende)

Genecy Souza
É 31 de dezembro, dia de fazer um balanço do ano que se finda. Do que foi, ...

Atestado de Incredulidade Estrutural

Genecy Souza
De repente a água levou tudo ladeira abaixo: encostas, terra, mato, lixo, carros, ônibus, casas, móveis, eletrodomésticos, ...

O Brasil Após o Dia Seguinte ao 30 de Outubro

Genecy Souza
Como imagino o Brasil em 2023 com Lula e sem Bolsonaro; ou com Bolsonaro e sem Lula. ...

Geraldo Alckmin, o Traidor e a Pocilga

Genecy Souza
A política ama a traição e odeia o traidor (Leonel Brizola)
Eu jamais votaria em Leonel Brizola, mas ...

Se Não Tiver Picanha, Faça Um “L”

Genecy Souza
A picanha prometida por Lula é uma metáfora, mas ninguém se alimenta disso.
A carne nobre de verdade ...

Escreva Uma Carta, Meu Amor

Genecy Souza
(A primeira me iludiu. A segunda me fez rir) Já devo ter dito em matérias anteriores. Se ...

O “Dia D” Que Virá e Que Veremos

Genecy Souza
Está registrado na história do século 20 que, “No vocabulário militar, o Dia D (do inglês D-Day) ...

O Inferno de Monark e os Apologistas do Totalitarismo

Genecy Souza
Não sei se Bruno Ayub, mais conhecido como Monark, e seu sócio Igor Coelho acreditam em Inferno ...

Fa-tal: Gal Costa Morreu

Genecy Souza
Maria da Graça Costa Penna Burgos morreu. Neste ano de 2023 mal e porcamente terminando, com multidões ...

Uma Savana Africana Em Brasília

Genecy Souza
Todos já viram em algum de suas vidas como se dá o equilíbrio de forças em uma ...

242 Beijos Mortais

Genecy Souza
Sei que já comentei entre amigos e talvez nas redes sociais, ou em comentários em matérias em ...

A Globo e Eu: Nada a Ver, Nada a Dever

Genecy Souza
Estamos em Janeiro de 2022. Há pouco mais de 50 anos meu pai comprou nosso primeiro aparelho ...

quem é?

Nascido em Manaus-AM em 1964, três semanas após aquele 31 de março/1º de abril, quase tão pobre quanto o Cristo, cresceu em um dos bairros mais fodidos da cidade, que ainda sofria as consequências do fracasso da época áurea da borracha. Desde muito pequeno adquiriu o gosto pela leitura, hábito que lhe causou fome de quase tudo. Nunca aprendeu nada na escola. Não é formado em profissão nenhuma, mas já exerceu um monte delas: office-boy, auxiliar de escritório, soldado, comprador, caixa, comerciário. Tentou ser empresário do ramo de discos, mas quebrou a cara. Hoje, trabalha em um escritório de contabilidade.

Sua fome de quase tudo também inclui: música, cinema, política, e tudo o mais que apareça em seu radar. É ouvinte de Lou Reed, David Bowie, Pink Floyd, Leonard Cohen, Billie Holiday, Curtis Mayfield, The Doors, Nina Simone, Belchior, Sérgio Sampaio, Raul Seixas, entre outros. Gosta de ser dono da própria opinião, sem no entanto impô-la às pessoas. Odeia ser patrulhado, vigiado, fiscalizado, rotulado, controlado, dirigido, censurado, lacrado, sacaneado e, como está na moda, “cancelado”. Tem ojeriza a todas as formas de extremismo, sobretudo, o fascismo, o nazismo e o comunismo, e é um observador crítico do mundo atual. Chegou à conclusão de que é individualista por natureza. Deixou de frequentar as redes sociais para manter a sanidade mental que lhe resta. Prefere andar sozinho.

Possui textos publicados na revista digital PI Ao Quadrado e na revista em papel Gatos & Alfaces, ambas publicadas por Barata Cichetto. Ainda vive em Manaus.