Freakbook

Barata Cichetto

“Olá! Como vai? O que anda fazendo?”
— Outro Freguês Disse Isso

— Envelhecendo!
08/07/2024

Os homens graves e melancólicos ficam mais leves graças ao que torna os outros pesados, o ódio e o amor, e assim surgem de vez em quando à sua superfície.

“Eu tenho apenas três amigos, e cê é um deles. Amizade é coisa difícil de construir.”
— Um dos Três Disse Isso

— Amizades verdadeiras são mesmo difíceis de construir, mas mais ainda manter a construção de pé. Por isso dou valor a cada tijolo.

06/07/2024

Um homem de gênio é insuportável se, além disso, não possuir pelo menos duas outras qualidades: gratidão e asseio.

“O amor venceu… “
— Um Lulês Disse Isso

— Isso as vagaranhas da Boca do Lixo já diziam, mas elas ao menos nos davam prazer. O amor? Vem, seu filhodaputa! E… É, nesse caso, o amor venceu, mas não como vencedor, mas como desodorante.

04/07/2024

Um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos.

“Enquanto isso no Bostil, uma direita emasculada vive repetindo: ‘estamos numa ditadura comunista. Bua… Bua… Bua…’”
— Um Direitês Disso Isso

— Sabe qual é a diferença entre a “Direita” e a Esquerda no Brasil? É exatamente como escrevi: a Esquerda não usa aspas. Entendedores entenderão.

30/06/2024

Para ver muita coisa é preciso despregar os olhos de si mesmo.

“Eu não vou desistir da vida até que ela desista de mim!”
— Um Inglês Disse Isso

— Por isso digo, meu amigo, que não tenho herói nem ídolo algum… Exceto Bruce Dickinson.

25/06/1958

Aquilo que não me mata me faz mais forte.

“Tinha um cara que dizia: ‘Quer ferrar um capitalista mexe no bolso dele’.”
— Um Carioquês Que Disse

— Ah, nem precisa ser capitalista não… Ferre qualquer pessoa no bolso e vai ver… Roube o relógio de ouro de um comunista que vai ver ele espernear… Acha que comunista não gosta de dinheiro? Dinheiro não faz desaforo para ninguém, já dizia meu avô.

22/06/2024

Nunca é alto o preço a pagar pelo privilégio de pertencer a si mesmo.

“Que tal lerem escritores a sério? E não se esqueçam quando utilizarem a IA assinarem: ‘POETA e seu assistente IA’…”
Foi Aquele Português Que Disse

— Poeta de IA… Nova moda! Não bastasse os que acham que Poeta é título honorífico, nome, ou algo que lhes dê algum título, agora temos poetas que usam a Intelência Artificial, para disfarçar sua Ignorância Natural. Boa!

20/06/2024

Os poetas são impudicos para com as suas vivências: exploram-nas.

“Ficar se gabando de guerrilheiro corajoso porque escreve com o nome verdadeiro não significa nada para empregos sem vínculo corporativo. (…) Além de tudo, pra ser corajoso mesmo tem que mostrar a cara e falar em vídeo e ter pelo menos milhares de views. Textos de sites e livros de pessoas não famosas ninguém lê e nem irá ler nas próximas décadas. Ainda mais no Brasil. Então fique tranquilo, você e seus livros não representam perigo algum.”
— Um Japonês Disse Isso

 — Claro, sites e livros ninguém vai ler. Eu fico tranquilo, eu e meus livros não representam perigo algum, de fato. Engraçado que, como de quase seu ídolo eu virei um monte de merda. É, vou ter que mudar de opinião: eu ofereço risco às pessoas, sim. Você é a prova disso! Seu cagão! Passar bem… Bem longe!

18/06/2024

A maneira mais segura de corromper um jovem é instruí-lo a ter em alta estima somente aqueles que pensam da mesma forma, e a rejeitar todos aqueles que pensam de forma diferente.

“Ser engenheiro, médico ou trabalhar com sites não são profissões vulneráveis a cancelamento, comparado a do professor, um ambiente perfeito para cancelamento e assassinato de reputação. Por essa razão não escrevo nada em meu nome, pois isso é munição para os pais, alunos, a direção e a secretaria da educação, que por sinal praticamente me fizeram me demitir do meu emprego à tarde por coisas que falei na sala de aula. De qualquer maneira, não faço questão de publicar ou não o que escrevo em sites, porque a mídia mais rica e que mais vale a pena investir nessa e nas próximas décadas são os vídeos. Se eu for escrever algo será em formato de livro, provavelmente gratuito e livre para baixar no próprio canal.
— Um Xinês Disse Isso

— Que assim seja. Ah, só tome cuidado, você tem um livro perigoso nas mãos. Acho melhor livrar dele também. Lembre-se que livros são sempre perigosos. Só fico cá a pensar sobre o que significa o seu Novo Pensar…

16/06/2024

Aquele que combate monstros deve tomar cuidado para que ele mesmo não se torne um. E, se olhar muito tempo para o abismo, o abismo te encara de volta.

“Eu sigo a Jornada dos Seis Passos”. Um de cada vez.”
Um Português Disse Isso

— A moda agora, para escritores, é a tal de “Jornada dos Seis Passos”. Eu só sigo a uma jornada dos DOIS passos: 1 – Sento e 2 – Escrevo. Isso porque ainda não consegui escrever de pé. Senão seria UM só!

17/06/2024

A nossa vaidade gostaria que o que fazemos melhor fosse considerado como aquilo que mais nos custa. Para explicar a origem de certas morais.

“Vou sair do grupo também. Além de não me dar bem com o pessoal, quero focar em outros projetos. Estou de saco cheio das pessoas. Quero ficar mais sozinho. Funciono melhor assim. Sou lobo solitário. Não gosto de matilhas. Toda vez que entro em uma, me arrependo e me sinto melhor quando volto pro meu caminho. Sou como tigre, caço sozinho, não sei caçar em bando. E não tem nada a ver com vaidade intelectual. Sempre vivi assim 90% da minha vida. Provavelmente uns 10% da minha vida inventei de me aproximar de grupos e me arrependi 100% das vezes. Mas realmente, só o tempo dirá a verdade. Meus projetos estão mais para voltar a lutar boxe e talvez MMA. O grupo não está me agradando e não sinto que faço parte. Por isso prefiro seguir sozinho mesmo.”
— Um Cordovês Disse Isso

— Essa parada de lobo solitário funciona muito bem na poesia, e pelo que sei não é tua praia. Sem criticas, mas na prática isso não existe. Sei por mim. O site, como todos os que fiz, é para juntar ideias e pessoas O grupo é de amigos, não de platões empedernidos. Sinto muito mesmo. Mas, como disse, você é responsável pelas suas decisões. Ah… Só toma cuidado, porque sua vaidade está aparecendo mais que seu pensamento. Dei espaço a você e outros. Sempre Foi assim para mim, mas se quer viver assim, tudo bem.

09/05/2024

Certos pavões escondem de todos os olhos a sua cauda chamando a isso o seu orgulho.

“Você é um grande pensador do nosso tempo, no estilo cínico, um Diógenes contemporâneo, e um poeta sem limites, que assim como Caravaggio, consegue trazer beleza mesmo dizendo sobre coisas desagradáveis e toscas, como deixei claro na minha análise. Isso é um fato. Pessoas reconhecerem, sentirem isso ou não, não muda o fato em si. Na verdade, a vida e nós somos o que somos, o que achamos, acham ou deixam de achar, não muda nada. Achar e ter impressões não mudam ou significam nada. O que importa é o que somos e fazemos. Você faz o que ama e seu trabalho e eu farei o meu. Cada um no seu estilo e no seu caminho. O que acham de nós? Não significa nada. A realidade se impõe e é a única coisa que importa. Achismos e crendices não são nada no final das contas.”
— Um Caimanês Disse Isso

— Diógenes é possivelmente apenas um mito, já que nada prova sua existência. Quanto a mim, sou bem real. E é por essas que acabei me denominando Filósofo de Pés Sujos, porque sou tão real quanto sujo, e se prezo pela opinião de um filósofo “real”, é para um sentimento pessoal. E se achismos e crendices não são nada, para que filosofamos e escrevemos poesia?

08/06/2024

O homem procura um princípio em nome do qual possa desprezar o homem. Inventa outro mundo para poder caluniar e sujar este; de fato só capta o nada e faz desse nada um Deus, uma verdade, chamados a julgar e condenar esta existência.

“A não ser que você queira tanto apontar alguém que tenha um diploma de filosofia que apreciou e o reconheceu você como um verdadeiro filósofo, no sentido de poder dizer qual acadêmico e poder expor e provar para os outros. Mas daí acho uma grande bobagem, títulos ou mesmo a experiência universitária não é lá grande coisa, na verdade, é bem perigosa e muitos saem mais ignorantes do que entraram. Então, apontar que foi acadêmico X ou Y que reconheceu sua obra, para mim não tem nenhum valor em si mesmo. Até porque você pode mostrar sua obra pra dezenas de acadêmicos e uma grande maioria, provavelmente irá criticá-lo, ao invés de elogiar e reconhecer o valor, como eu fiz. Portanto, essa valorização institucional de diplomas e de títulos, para mim, nada vale. O que vale são os meus argumentos que justificaram sua capacidade filosófica. Se vem de um anônimo ou não, não faz diferença, os argumentos são os mesmos e têm a mesma força.”
— Um Butanês Disse Isso

— Não, não quero apontar ninguém com título, não preciso disso. Só comentei pelo que significava para mim, não para ninguém. O fato de não constar um nome verdadeiro, é como se a própria coisa fosse também falsa. Mas isso é só uma sensação minha. Ninguém vai dar a mínima, mesmo.

07/05/2024

É mais difícil ferir a nossa vaidade justamente quando foi ferido o nosso orgulho.

“Cansei de escrever para a internet, seja o site ou redes sociais. Qualquer caminho é melhor do que isso, para mim. Acho extremamente irritante e uma perda de tempo total. Quero tentar outras coisas. Vou escrever meus livros, mas com muita calma e daqui um bom tempo. Ainda falta amadurecer muitas ideias e muita pesquisa.”
— Um Albanês Disse Isso

— Interessante falar isso, já que há poucos dias, sua opinião era de que qualquer coisa que não fosse vídeos do Youtube, incluindo sites e livros ninguém mais iria querer saber. Quanta incoerência, hein?!

06/05/2024

A principal mentira é a que contamos a nós mesmos.

“Peço que apague os vídeos e os textos. Se eu for publicar algo, vou fazer sem meu nome verdadeiro, por causa da minha profissão. Não vou arriscar meu sustento. Conheço vários casos de cancelamento de professores. Os meus textos a respeito de você e sua obra, você pode deixar no site com um nome de pseudônimo. Os outros você pode apagar mesmo. Você pode também utilizar aquela análise do seu livro em alguma edição mais nova. Só colocar um nome inventado mesmo. Vou escrever meus livros, mas com muita calma e daqui um bom tempo. Ainda falta amadurecer muita ideias e muita pesquisa.”
— Um Burundinês Disse Isso

— Sendo bem honesto: quando você comprou, e depois me mandou sua visão sobre meu livro fiquei muito feliz, porque, como te disse na época, sou apenas merda de um pés sujos, e ter uma análise por alguém com real formação/conhecimento de filosofia era muito importante. Tinha muito orgulho disso. Mas, agora assinado por um pseudônimo perdeu toda a graça. Vou deixar a resenha do meu livro, e o que você fala que sou ignorado pela direita e pela esquerda. Vou criar um nome merda qualquer.

05/05/2024

Às vezes, as pessoas não querem ouvir a verdade porque não querem que suas ilusões sejam destruídas.

Foto Colorizada Por Deepai

Há o Notebook e há o Facebook. Há a Friboi e o fígado de boi. Há as fake news e há o Freak News. Há o fato e há o retrato… Há X e o Y. Há tanta rede social e há muita gente antissocial. Há o Whatsapp. E a tecla sap. Há também a prometida picanha e a arrependida piranha. Há também a brasileira Justiça, e o quilo de linguiça. Há um Pessoa que inventou a poesia, e outros bilhões que se não são sonham com a burguesia. 

Wilde disse para tomar cuidado com o que diz e faz a um escritor, porque ele porque lhe aprisionar num livro para sempre, mas como não cansam de me lembrar, os livros estão perdidos. Dentro em pouco apenas haverão vídeos, e ninguém mais saberá sequer escrever. Enquanto isso, sigo na minha saga, maldição ou teimosia, de ainda usar da palavra escrita, como melhor forma de me comunicar. E, creiam, o que Oscar disse, aqui é fato, não é fake, porque tudo que me disserem será exposto, mesmo à contragosto. Porque há o fato, e entre ele e o retrato, há o relato. Fato, fake ou freak, há de tudo neste mundo, e se há de tudo um pouco, então eu que sou um tanto médico, outro poeta e muito louco inventei esta merda, porque já que ninguém me dá a mínima no Facebook, me ignoram no Whatsapp e no Xis ninguém nada me diz, vou ficar aqui expondo as babaquices e minhas esquisitices.

Leia por sua conta e risco. 

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

6 Comentários
Mais Recente
Mais Antigo Mais Votado
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários
Vinnie Blues
Vinnie Blues
20/06/2024 23:09

Pota que parau 😆 🤣 🤣. Uma avalanche se desprendeu por cima de portugueses, albaneses (não prósperos e nem netos 😆 ) e burundineses…. Amei tudo isso

Barata Cichetto
Administrador
Responder a  Vinnie Blues
20/06/2024 23:41

Todos os gentílicos terminados com “ês”, estão na minha lista.

Dalton Veiga
Dalton Veiga
20/06/2024 13:45

Na minha faculdade de Letras convidaram um palestrantes para falar de “passos” para escrever. Não me lembro se eram seis, foi o bastante para eu sair do prédio.

Barata Cichetto
Administrador
Responder a  Dalton Veiga
20/06/2024 15:31

Eu teria saído da faculdade… rsrsrs

Vinnie Blues
Vinnie Blues
19/06/2024 21:29

😄😄😄😄😄 Do caraleooooo… Tá inspirado, embora tenha sido expirado a moda Temaki…

Barata Cichetto
Administrador
Responder a  Vinnie Blues
19/06/2024 22:04

Tem temaki, e tem temalí! Escolha o cardápio…

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!