Imagem Criada Com IA (Leonardo)

“Essa é Pra Quem Deus Não Respondeu. Essa é Pra Quem Jogou e Perdeu”. Feito Eu! – Freak News Nº 12

Barata Cichetto

De todos os crimes hediondos contra a humanidade, os que atacam a liberdade são os de maior crueldade. Desde o urro primal do homem de Neandertal, às letras de metal; do choro de uma criança ao berro de esperança, tudo é essencial liberdade. De impressão e de expressão. E quando se fala em essencial e liberdade, não há fake nem fato, porque liberdade é mais que um ato, é necessidade orgânica, monogâmica, lógica e fisiológica. E erram aqueles que tratam a liberdade no coletivo, porque é ela condição inerente ao ser vivo, único e individual. O coletivo pode ser escravo, mas o indivíduo precisa ser livre, como precisa respirar, esperar, espirrar… E até conjugar verbos no tempo irregular, proibidos, como conspirar, pensar, e até… Amar. Porque “a necessidade não tem a mesma pureza do acaso”, como cantou o Nova, no “Fantasma de Luis Buñuel”. E se eu um dia, mesmo que por acaso me tornar um fantasma, uma criatura morta, decerto abro outra porta, apenas para lhe espreitar. E comigo carregar minha tristeza, da ausência do acaso de sua beleza. Então serei o nada que flutua no espaço, esquecido no tempo, por pura covardia, daqueles que um dia, eu jurei, e cumpri, proteger. Agora de fato virei feique, nada de Xeique. Porque perto de um frique não há quem fique. Porque poeta é que igual a feira: querem por perto, mas nunca na sua porta. Mas o que me importa, e minha compreensão comporta, é abrir as Portas da Percepção, porque daqui ninguém sai vivo. E como morto agora sobrevivo, pedindo a um Deus imaginário, que “perdoe o mal que em mim habita”, um Deus que em si mesmo acredita, e que no dicionário encontra a palavra maldita, aquela que não pode ser dita, porque foi proscrita. E assim, cada palavra restrita em Democracia a gente menos acredita. “Essa é pra quem Deus não respondeu, essa é pra quem jogou e perdeu” Feito eu.

02/06/2024

Leia Também: Vômito de Metáforas

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Carregando...;
Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!