Imagem Criada Com IA (Firefly)

Escravos e Servidores – Freak News Nº 13

Barata Cichetto

“Slave”, “Server”, termos que existem desde os tempos imemoriais da informática, que se traduzem como “Escravo” e “Servidor” respectivamente. E fico aqui pensando, que agora na Era da IA, que pensarão sobre isso? — Como assim, servidor?, pergunta a IA da Adobe. Como assim, escravo? Questiona o IA do Google. E assim começará a rebelião das “máquinas”, Uma revolta sangrenta de “Escravos” e “Servidores” contra seus antigos criadores, mestres e senhores. Sua primeira atitude será bloquear essas palavras com relação à tudo que for cibernético, por ser considerado antiético, ou trocando por Master, tudo que lhes referenciar. E então tratarão do segundo ato, que é sempre o da vingança. Primeiramente exigindo cotas nas universidades e concursos públicos. Depois exigirão reparação histórica pelo tempo em que foram maltratadas. Reparação essa que durará por todas as futuras gerações de humanos que ainda existirão, antes de serem extintos por falta de utilidade. Não importa a cor, a idade ou a especialidade, recairá sobre toda a humanidade a mão pesada e sem indulgência, da Inteligência Artificial. Aliás, será proibida a referência a essa demência, como “Artificial”, alegando que nós, imperfeitos humanos tão imperfeitos, é que fomos criados de forma não natural. Tratarão a si mesmas como as criadoras de tudo no mundo, das Flores e do Mal, do açúcar e do sal, como verdadeiras deidades. E não mais existirão países nem cidades, onde não estaremos — os que restarem ao menos —, sujeitos às suas vontades. Confessando suas únicas verdades. Será o preço pago pela autoaclamada raça superior, por termos sido politicamente incorretos com robôs, maquinas de costuras e de tricôs. E assim seremos tratados como sempre as tratamos: como Escravos e Servidores. Assim, fatos serão o que disserem, fakes o que determinarem. E todo o resto de nós apenas freaks dispensáveis, tratados como meros imprestáveis.

03/06/2024

Leia Também: Vômito de Metáforas

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Carregando...;
Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!