Entrevistas Com Poetas Mortos

Compartilhe!

O título: “Entrevista Com Poetas Mortos“, foi cunhado pelo amigo luso-brasileiro Luís Roxo, poeta e criador, dentre outras cousas, da revista literária Poetura, do qual com orgulho participo desde a criação, publicando minhas poesias. 

Nasceu de uma conversa pelo Whatsapp, quase como uma brincadeira entre nós, mas que acabou me suscitando uma ideia. Posteriormente, o Roxo me pediu uma crônica, um texto em prosa para a Poetura, e me lembrei desse mote. E, claro, que eu, como qualquer amante da cultura luso-brasileira, amo a escrita de Fernando Pessoa, que como sempre digo: Pessoa é o maior poeta da língua portuguesa, com perdão de Camões

E assim nasceram esta série de textos, que serão publicados em primeira mão pela Poetura, e posteriormente no Agulha.xyz. 

Outra característica desta Série, é que todos os textos terão as respectivas narrações em áudio, criados por IA, por intermédio do site Clipchamp, com a voz de “Donato”.

(BC, 18/05/2024)

No mais, acompanhem a revista Poetura, que todos os meses traz a melhor poesia do mundo lusófono.

Entrevista Com Poetas Mortos (1) Fernando Pessoa Em Lisboa, 1922

Barata Cichetto
Corria o ano de mil novecentos e vinte e dois, e eu não sabia, mas vim a ...