Emoções Baratas

Compartilhe!

Barata Cichetto


Milena Felice acordara certa manhã sentindo-se transformada em um monstruoso inseto. Era esta a sensação que tinha a seu próprio respeito. Afinal era monstruoso o sentimento que tomara conta de sua alma, e mais monstruoso ainda os desejos que se apossavam de seu corpo.

Foi até a cozinha e preparou seu café. Sentou-se em uma das duas cadeiras que ocupavam o cômodo e esperou ansiosa a chega de seu amante. Tormentas e culpas ocupando sua mente, pecados impostos. Mas, no entanto, Felice Milena afastou todas aquelas sentimentos que a separavam de seu real desejo e amor. Dissesse o que dissesse sua consciência moral ela se entregaria àquela paixão que a dominava por inteiro.

Mas, ficou olhando ao redor esperando que ninguém aparecesse ali e que pudesse lhe censurar… Nesse momento seus olhos fitaram a razão de seus desejos e todos os pensamentos negativos desapareceram. Milena Felice estava diante do ser que mais desejara em sua existência e nada, nem ninguém iriam afastá-la dele.

Um sinal de cabeça e Felice Milena se dirigiu ao quarto seguida de seu cobiçado amante. Retirou toda a roupa, saia, blusa, meias, calcinha. E completamente nua deitou-se sobre os lençóis brancos e cheirosos. A cabeça sobre o travesseiro de plumas. Abriu lentamente as pernas e acariciou as coxas, arfando e gemendo de desejo.

Nesse instante, o amante passa a deslizar sobre as coxas e seios de Milena Felice até que penetra em sua vagina molhada de desejo. E quanto isso acontece, Felice Milena explode em um prazer nunca experimentado, delícias incontroláveis e um gozo que expande todos os seus sentidos e que dá à sua alma um sentido completo e verdadeiro.

Mas nesse momento, em que Céu e Inferno eram apenas uma coisa dentro da mente de Milena Felice, adentra ao quarto Max, o marido. E apanhando de um exemplar de “A Metamorfose” que jazia sobre a cabeceira da cama, esmaga aquela barata que deslizava sobre as coxas nuas de sua esposa Felice Milena, que ainda tem tempo de gritar, antes de desmaiar:

— Não! Gregor!!!!!!!!!!! Não!!!!!!!!!!!

/2010

Universo Expandido Ou Impressões e Expressões Baratas Sobre o Processo da Metamorfose de Kafka
Registrado no Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional sob Nº. 6849/10 

Luiz Carlos Giraçol Cichetto, Araraquara, SP, é escritor, poeta e Livre Pensador, um dia acordou de sonhos intranquilos e se transformou em Barata.

Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!