Imagem Criada Com IA (Leonardo)

Distrato Abstrato – Freak News Nº 34

Barata Cichetto

Fardões e fraldões, os geriátricos… Indispensáveis a esses cagões e àquele que mija nas calças de tanta cachaça. Imortais? Ah, sim, que me perdoe o Machado, mas Imortal de cu é rola! Desculpe, senhor de Assis, que ultimamente não tenho achado, nada engraçado. Por culpa desse desgraçado. E em saber que a Cadeira pelo senhor construída, foi prostituída. Destruída. Deusmilivri de ser Imortal, e fazer companhia ao GG, A Montepreto e o Brandão. Prefiro enterrar minha literatura como gatos enterram suas merdas. — Há os ditos impopulares e os malditos populares, que empesteiam seus lares, suas salas de jantares, criando avatares, disputando altares, e que nos bares são chamados de “Paidopovo”. Paidopovoémeusôvo, maldito corvo, com uma garra a menos na pata. E como quem mente também mata, segue o maldito que depois de matar ainda quer mais roubar, o que lhe faltar para se fartar. — Me condenaram por ser amigo do flautista, e inimigo dos ratos; e por ser inimigo do artista e amigo do fatos. Me crucificaram quando porque não tive pena do filho e perdoei a Pilatos, e quando condenei a fotografia e preferi aos retratos. Me esfaquearam quando disse que a verdade não era o fato; e que ser traído não estava em meu contrato. Me reduziram a pó quando da conta pedi um extrato, e me humilharam quando reclamei que estar morto não era parte do trato. Me chamaram de chantagista no momento do meu parto; e de anarquista no momento do meu infarto. Me chamaram de egoísta por não dividir a metade do meu prato, e quando defendi o esportista e condenei o abstrato. Me esqueceram por condenar o cientista, e quando da humanidade assinei um distrato. — E agora que, do flautista ao comunista, e do cientista ao esportista, todos querem uma partilha do meu quarto, digo que esperem que eu morra, que então minha sepultura eu consigo reparto. Verdade, Freak ou fato?

17/06/2024

Leia Também: Vômito de Metáforas

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e editor do Agulha.xyz, e co-fundador da Editora Poetura. Um Livre Pensador.
Contato: (16) 99248-0091

Carregando...;
Compartilhe!
Assinar
Notificar:
guest

1 Comentário
Mais Recente
Mais Antigo Mais Votado
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários
Vinnie Blues
Vinnie Blues
30/06/2024 0:47

Os Malditos populares são o que há de pior ! Viva os impopulares

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!