Diário de Bordo, Data Estelar: 01 de Dezembro de 2002

Compartilhe!

Barata Cichetto


Chegamos á Indaiatuba por volta de uma quatro da tarde. O festival é para arrecadar fundo para alguns órgãos de assistência a doentes de Aids. Várias bandas se revezam. Hardcore, Punk e covers, cada um procurando dar o melhor de si. O local, improvisado é grande e embora a acústica não seja das melhores a galera curte.

Já na entrada, quando paramos o Azulão, César, um dos organizadores nos recebe com uma alegria absoluta. Depois de um banho e uma janta, alguns de pizza, outros de carne, vamos ao local. Daniel precisou retornar á São Paulo e acabo sendo alçado a forçada condição de roadie. Montamos os equipamentos e por volta das 10 da noite, depois da banda Laranja Mecânica do próprio César, a Patrulha decola. É um show mais curto que o normal em função das condições técnicas, mas a banda está ali para cumprir seu papel. E o faz com maestria.

Terminado o show, estamos todos cansados e com o time reduzido, somos obrigados a improvisar. Olho adiante, fora do galpão e vejo o reluzente Azulão. Rapidamente arrasto uma grade de ferro e peço que o Alemão posicione o bus ao lado do palco. Depois do primeiro susto, a galera entende e rapidamente o carregamos.

Em poucos minutos estamos de volta á estrada. No primeiro posto paramos para comprar um anti-ácido pro Luiz Domingues que desde Jaboticabal se queixa de mal-estar no estômago.

Pouco mais de uma hora e estamos em São Paulo. É pouco mais de meia noite. Meio ainda baleado e junto com Rodrigo, Luiz Domingues faz sua peregrinação de nos levar até em casa. Eu no Tatuapé, Alemão em São Mateus e Samuca em Santo André. É mesmo um tremendo cara, este “Sr. Barinski”…

12/1/2002

Entre final de 2001 e até meados de 2004, acompanhei a banda Patrulha do Espaço, em suas turnês, como manager, e fora muitas outras atividades, como ter criado a idéia, nome e feito a arte (imitando um compacto de vinil) do disco “.ComPacto”. Durante uma boa parte desse tempo eu escrevia esses “Diário de Bordo”, que eram publicados no meu site “A Barata”. Eles 2012, eles foram reunidos num livro com tudo que escrevi sobre a banda, chamado “Patrulha do Espaço no Planeta Rock”.

Do Livro “Patrulha do Espaço no Planeta Rock“, Barata Cichetto, editor’A Barata Artesanal, 2013 – Esgotado

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e Editor do Agulha.xyz e  Livre Pensador.

Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!