Daniel Kobra Kaemmerer – O anticristo

Daniel Kobra Kaemmerer

Jesus volta ao mundo e escolhe o Brasil para “dar uma conferida”. Desce em Brasília. Imediatamente e cercado por um grupo de repórteres  de varias emissoras de TV, radio e correspondentes. Bombardeado por perguntas sobre política, meio ambiente, etc.

 

Espantado com toda aquela balburdia, decide fugir do local. Porém, como está vestido com seu tradicional manto, não passa despercebido e continua a ser seguido pelo grupo que avoluma-se com o passar do tempo. Exausto de tudo aquilo, consegue acesso a Câmara dos Deputados, na esperança de um tempo para respirar.

 

Nem bem adentrou no recinto, foi chamado para uma conversa com alguns deputados da bancada evangélica. Todos muito esperançosos de conseguir apoio para suas emendas, para suas solicitações. Jesus tenta convencê-los que esta ali apenas para uma rápida visita. Pois, tinha vários compromissos e não queria ser irresponsável com seus seguidores. Tenta seguir seu caminho mas é interpelado por um grupo de deputados de esquerda, cobrando uma postura mais direta com relação a Teologia da Libertação, legalização da maconha, desarmamento da polícia, etc…Ele até tenta argumentar, mas é puxado de lado pelos seguranças que o encaminham até a saída.

 

Completamente perdido, com o manto rasgado, Jesus segue ate o prédio do Congresso. La pede um cafezinho e é cercado, novamente, pela imprensa. As pautas do congresso são os temas das perguntas. Ele, consternado com tudo aquilo, limita-se a dizer: “-Eu não sei!”, até que um repórter de uma conhecidíssima emissora de televisão pergunta se ele se considera o verdadeiro messias. A resposta e afirmativa e, imediatamente, pipocam manchetes: “Jesus declara que Bolsonaro não é o Messias!”

 

Com  dores no corpo devido aos solavancos e puxões que recebeu, bem como uma insuportável dor de cabeça devido ao sol e a coroa de espinho, Jesus pede uma cadeira e um copo com água. Senta-se, bebe o liquido e revela que sente-se desconfortável. Imediatamente, pipocam manchetes: “Jesus é mais uma vítima do Covid 19”.

 

Desanimado com tudo, chama um táxi e pede ao motorista para que o leve até o Supremo Tribunal Federal. Pois, em sua interpretação, estaria de frente com pessoas integras, do mais alto grau de idoneidade e confiança.

 

Lá chegando é encaminhado até a sala de sessões. Senta-se em uma poltrona, junto com demais pessoas e observa o andamento dos trabalhos: os ministros proferem suas sentenças: “Prisão de Deputado”,  “soltura de traficantes”, “determinação para que governadores decidam sobre pandemia em seus estados”, “obrigatoriedade do Governo Federal socorrer governadores que não conseguem gerir ações na pandemia”, “obrigatoriedade de vacina”, “criminalizar tratamento precoce”, “prender trabalhadores” e, por ultimo: “inocentar o ex presidente, cachaceiro nove dedos”.

 

Jesus levanta-se da poltrona, e quando se encaminha para a saída é interpelado pelos repórteres que pedem sua impressão sobre o supremo. E ele responde: “Senhor, perdoai-vos porque não sabem o que fazem!”

Daniel Kobra Kaemmerer, Cruz Alta, Rio Grande Do Sul, Brazil. Músico, poeta.

 
Compartilhe
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    2
    Shares
Assinar
Notificar
guest


Atenção: O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais ao autor, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

 

1 Comentário
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários
Aureo Alessandri

Pro STF não há perdão.
Nem mesmo divino.

Site Criado Por Barata Cichetto - (16) 99248-0091