Coronariana Nº 50

Compartilhe!

Barata Cichetto


Ficamos tão pobres que nem sabemos mais o que perdemos. Mandaram ficar: ficamos; mandaram usar: usamos; mandaram chorar: choramos; mandaram parar: paramos; mandaram achar: achamos; mandaram calar: calamos; mandaram estar: estamos; mandaram acreditar: acreditamos; mandaram morrer: morremos. Mandaram, mandaram, mandaram: obedecemos, obedecemos, obedecemos. Ficamos, ficamos, ficamos: ficamos tão pobres que perdemos não apenas aquilo o que tínhamos, e nem aquilo que temos, mas perdemos aquilo que teríamos. Estamos tão pobres que perdemos o que éramos, perdemos o que somos!

26/05/2020

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e Editor do Agulha.xyz e Livre Pensador.

Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!