Coronariana Nº 32

Compartilhe!

Barata Cichetto


Quando as pessoas aceitam serem monitoradas, trancafiadas e isoladas socialmente, mais do que sem contestação, sem questionamento; quando as pessoas aceitam que sua Carta Maior seja rasgada, juntamente com todas as teóricas garantias individuais, a qualquer e por qualquer pretexto; quando aceitam o terror de ditadores por medo, é porque devemos realmente questionar não apenas nosso conceito de democracia, mas acima disso nosso conceito de humanidade. As galinhas estão correndo para a caverna, e ainda defendem a raposa, como no desenho de 1943. Nem Huxley, nem Orwell, ou muito mais que todas as distopias. O Grande Irmão se juntou aos porcos que tomaram a fazenda. Fiquem com seu terror, pois tenho outros horrores com que me preocupar.

10/04/2020

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e Editor do Agulha.xyz e Livre Pensador.

Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários

Conteúdo Protegido. Cópia Proibida!