Barata Cichetto – Tudo em Nome do Rock and Roll

Compartilhe!

Barata Cichetto


Acordara tão triste quanto uma puta sem um gozo noturno
Ou um soldado que pisou na merda com seu novo coturno
Ah, nem tão triste feito um carrasco que perdeu seu condenado
E prendeu no próprio pescoço a sentença que tinham ordenado.

Acordara tão intenso quanto o fogo
E a intensidade era apenas um jogo
Tão maldito e tão triste feito um vulcão
Escorrendo feito saliva em boca de cão.

E acordara tão cansado quanto acorda uma criança
Bêbado feito uma puta e morto feito a tal esperança
E era maldito feito o Rock and Roll e pesado feito Metal
Mas a manhã era triste feito um Blues de noite de Natal.

Mas acordara com gosto de merda na língua, bosta na cama
E o cigarro tinha um sabor de derrota e fumaça não é chama
Então chama uma puta, calça a bota do soldado e enforca o carrasco
Que preciso apagar a luz, acender a chama e começar meu churrasco.

13/09/2011

Do Livro: Memórias Arrependidas de Um Poeta Sem Pudor
Antologia Poética, de 1978 a 2024
Para Comprar: https://loja.uiclap.com/titulo/ua46272/

Barata Cichetto, 1958, Araraquara – SP, é poeta, escritor. Criador e Editor do Agulha.xyz e  Livre Pensador.

5 1 Vote
Avaliação do Artigo
Assinar
Notificar:
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver Todos os Comentários